sábado, 30 de agosto de 2008

Pano Pra Manga - Batalha de Fre Style e Preconceito Regional


Batalha de Free Style / Preconceito Regional

O Rap Compromisso virou viagem?
Piadas contra negros, valem nas batalhas?
E contra mulheres, gays, pessoas com deficiência?
Só não vale falar da mãe, né? De todas as outras mulheres pode falar?
Quem conhece o Hip Hop de verdade sabe que esse vale tudo das batalhas é um retorcesso. Uma volta ao Rap-brincadeira, longe dos protestos sérios que não admitem preconceito.
Não conheço rappers sérios, de atitude, que falem mal de nordestinos, negros, mulheres, etc.
Nem por brincadeira, nem por dinheiro.
Acho importantíssima essa discussão.
Dinha

No dia 27/07/2008 presenciei uma batalha de Free Style em um evento da Semana Martin Luther King e Vivendo Improvisando entre os Mc´s Terno e Tampão. O mc Tampão foi consagrado o vitorioso da batalha, mas poderíamos considerá-lo um MC NAZISTA. Pois não foram poucas as vezes que ele se referiu ao MC Terno como: Cearense da cabeça grande, passa fome nordestino e outras formas que somente um NAZISTA utiliza quando se dirige a um NORDESTINO. Por isso, declaro o MC Terno o campeão social e político daquela batalha.Aproveito para deixar uma pergunta: Piadas contra negros também são comuns nas rimas do Mc Tampão???
Postado por Du às 12:24

comentários:
Paulo Henrique disse...
com todo respeito a pessoa que elaboro esse comentario,mas acho de extremo mal gosto se referir ao tampão como "mc nazista" pois se vc se lembra ele é negro.Já em relação ao tema colocado como "preconceito regional",considero como um equivoco mau elaborado e distorcido do que realmente significa uma batalha de mcs,pois numa batalha de mcsm tudo é possivel, menos falar da mãe,a pessoa q elaboro esse topico teve uma visão ÚTOPICA em relação ao tampão, e se alguem tiver gravado a batalha inteira vai ver q o mc tampão deixou bem claro no final da batalha que não existe preconceito no nosso hip hop o verdadeiro aquele q nasceu na rua e continua lá.Fico triste em saber q tiveram pessoas que não estavam na festa para se divertir e sim para julgar indevidamente um daqueles q ajudou a promover uma festa tão bonita q esta me rendendo muitos elogios.Quero deixar bem claro q não existe nem nunca existiu preconceito regional muito menos regional...pois se vc considera as piadas das batalhas de mcs de mau gosto, tanto no Brasil quanto ao redor do mundo só existem "MCs NAZISTAS".RICK MC E AMIGO DE TERNO E TAMPAÕ..e acima de tudo apreciador da verdadeira cultura HIP HOP!!!!!!!!
26 de Agosto de 2008 20:00
Du disse...
Pessoal vamos prestar a atenção no que estão dizendo as pessoas. UTOPIA é uma palavra muito bonita,mas pouco compreendida (é só ver no dicionário).Depois para sabermos o que é ou não é nazismo, temos que estudá-lo, não dá pra ficar no achismo. Já existem noticias de vários grupos simpaticos ao nazismo que tem entre seus membros pessoas negras. Depois precisamos lembrar que os japoneses não são arianos, mas também apoiaram Hitler na segunda guerra. Sem dizer que o Pitta é negro e o Agnaldo Timótio também...Toda brincadeira tem um fundo de verdade !!!E novamente faço a pergunta ? Se na batalha vale tudo será que o mc Tampão usa em suas batalhas rimas contra pessoas negras ?Assinado: Du
28 de Agosto de 2008 09:42

GABRIEL disse...
aii... com todo respeito...essa pessoa que diz que houve preconceito nessa batalha, ou quer causar polemica ou naum conhece nada sobre batalhas de mc... se vc não é mestre cuca naum tem pq dar palpite no tempero alheio... e outra... esse tipo de piada sempre acontece em batalhas... mais um motivo para naum deixar duvidas é que sempre é dito nas batalhas que na hora que vc tah batalhando o outro mc é seu "inimigo" mas depois disso a amizade e o carater dos dois prevalece (e isso qualquer leigo sabe, não precisa ser mc). existe um respeito entre os dois que vai alem das rimas entaum uma fraze que possa ser usada numa batalha naum pode ser considerada preconceituosa pois naum foi uma agreção direta ao proximo quem achar que é entaum está no lugar errado e muito mal informado (a) ass: mais um mc inconformado com quem não tem oq fazer e quer pq quer dar palpite no que naum conheceVÁ ESTUDAR!!!!CULTURA PREVALECE!
28 de Agosto de 2008 14:01

Paulo Henrique disse...
Sinceramente se seu problema é contra o Nazismo,vc tem q criticar o nazismo.Esquece o Hip Hop porq isso não é seu assunto.Pra entender o Hip Hop não é preciso fazer faculdade alguma,é preciso viver o hip hop,conhecer as ruas conhecer a tribos urbanas conviver com elas....se algum dia vc passar por isso vc vai peceber q os livros falam uma coisa mas na prática aq em São Paulo é outra,quantos nazistas ou skin heads ou "Carecas" vc conhece?Pegunte a eles se o Tampão ou qualquer outro mc é nazista?Teorias baseadas no que aconteceu ou acontece em outros países não é válido,oque é válido é oque acontece nas ruas...acho q os nazistas tevem ter mais oq fazer do que virem no VIVENDO e IMPROVISANDO para participar de uma batalha de freestyle...Espero sinceramente q esse mau entendido...tenha servido para deixar claro q nazista é nazista e MC é MC.Agora, se ouver algo pessoal contra o Tampão deve ser falado pessoalmente porq ficar falando mau dos outros pelas costas é FEIO, pessoas que se achão tão inteligentes deveriam saber disso!!!RICK
28 de Agosto de 2008 14:43
HBT disse...
Esta postagem foi removida pelo autor.
28 de Agosto de 2008 15:49
Dinha disse...
Esta postagem foi removida pelo autor.
29 de Agosto de 2008 10:00
Dudu de Morro Agudo disse...
Grande Du, não conheço esse MC Tampão, conheço apenas o Terno, que é meu amigo particular e além disso é um cara super politizado e consciente de sua posição na sociedade.Gostaria que vocês escrevesse um texto para publicarmos em nossos portais, para que atitude como essa não seja mais cometida por esse mc Tampão.Assinado: Dudu de Morro AgudoPostado por: Du
29 de Agosto de 2008 10:04
Dinha disse...
Aí pessoal é bom lembrar que estamos fazendo uma discussão. E que até agora as pessoas que entraram no debate estão se tratando com respeito e sem ofenças pessoais. O Rick tem dado um bom exemplo disso.A discussão não é pessoal.Ass: Du
29 de Agosto de 2008 10:51

4 comentários:

Terno disse...

Vivendo e Improvisando FREESTYLE NA PAZ.

Salve pessoal.
1° queria deixar bem claro que nosso projeto é uma atividade voltada para a tecnica de improvisação.
Por isso tratamos de levantar temas e mas temas.
E ao contrario de outros POINTS, Nossa intenção não é e nem sera BATALHAS.
Apesar de EU achar as batalhas uma Arte da Hora.
EU Não me senti ofendido pelas palavras do MC TAMPÂO, e espero não ter ofendido qualquer adversario meu, naquela que foi minha 3° Batalha (Ainda nem to preparado pra batalhar).
MAS acho essa discussão valida,POis quem sabe assim possamos repensar a Arte de Improvisar.
Peço desculpa aos que se sentiram ofendidos por TAMPÂO se referir a minha pessoa como cabeça chata, nordestino e tal, e eu aceitar.
Mas acho que a batalha foi leal, e o resultado justo.
Tambem acredito que apesar da aparencia não houve racismo.
Mas podemos melhorar SIM, as aparencias das proximas batalhas.
Dixavando cultura.

Dinha disse...

GOG DISSE...

Salve Du,

O tema que vc abordou é muito interessante e eu já havia percebido.
Nos idos de 2003 eu e o Flagrante do Realidade Cruel conversávamos sobre esse assunto e ele falou uma coisa interessante:
"- No freestyle falam o que querem, rapidamente, muitas vezes sem medir as palavras, mas na favela é diferente: Tem que pensar muito antes de falar, de agir.."
Na sequência eu disse para ele: Irmão esse é o Movimento Rap, que vende o artístico, e deixa de lado o debate sério. Nós somos do Movimento Hip Hop, e nossa origem, embora próxima, é diferente.
Hoje anos depois, percebo que muito pouca coisa mudou e que esse estilo, com raras excecões continua sem medir as consequências, pariorizando apenas a levada e a plástica.
Concluindo irmão, tal fato eleva ainda mais a responsabilidade do movimento hip hop em trabalhar temas, levantar discussões, ir a campo e conversar com nosso povo olho no olho.

Forte abraco, esse foi um bom tema e taí minha sincera opinião.


Com respeito,

GOG!

Postado por Du.

M.A..M.U.T.I. O Poeta Glacial disse...

Bom,
Quanto a batalhas de freestyle.
1- Só não é permitido xingar a mãe (ERRADO)

Nas batalhas consideradas sérias, a organização e o público abominam mc's que usem de preconceito regional, raça, credo e etc.
(Vide Liga dos MC's Etapa São Paulo, em que MC Cabeção diz que o MC Jhon tinha cabeça de Bahiano, e o público vaiou-o levando-o a derrota na batalha...sem precisar ir muito atrás no tempo, na rinha dos mc's especial de 2 anos no holle club que ocorreu no dia 26 de Julho deste ano, o MC Jun BV falou da corrente de Oxalá do MC Leozinho e isso resultou na derrota do MC Jun...)

Bom, so quero chegar no ponto de - o preconceito só sobrevive onde tem ibope, se o público repreende essa atitude o MC para, até porque na hora em que se está rimando estamos lá para agradar o público, quanto mais o público grita, mais o mc se empolga.

Outro ponto.
A Batalha de MC's é para ser como uma brincadeira entre amigos, e todos que participam dela e/ou assistem devem ter isso em mente, nada que é falado no palco contra o mc adversário é realmente o que o mc pensa sobre ele, a maioria dos mcs de batalha dessa cidade se conhecem, e tem uma relação de coleguismo e amizade sem contar muito respeito

Px disse...

Então,como já disse no comentáio do outro post
não acredito q o mc Tampão
seja preconceituoso ou algo do gênero, pois ele tem seu estilo de batalha como qualquer mc possui um estilo próprio, ali na hora da batalha os mc's usam as caractéristicas dos outros para batalhar como o nome mesmo já diz "batalha" lembro uma vez na rinha dos mc's o dj q estava tocando entre os rounds fez um pequeno discurso sobre cabelo black dizendo q não existe cabelo duro e sim cabelo crespo, isso após um mc dizer q o cabelo do outro parecia uma esponja de aço, não encaro como preconceito ou ofensa pois o próprio mc q fez a rima tb tinha o tal "cabelo crespo" que na minha opinião é cabelo duro sem nenhum preconceito o mc então respondeu dizendo que tb era preto e não queria ofender o outro nesse sentido (q foi apenas um comentáio sem intenção de ofensa) então um maluco que estava entre o público da batalha gritou lá do meio da pista "NãO é PRETO IRMãO é NEGRO!" para mim é cabelo duro como tb é preto! novamente sem nenhum total preconceito de minha parte, ou seja muitas vezes o preconceito vem da mente pouco aberta das pessoas de não saberem lidar com certos tipos de coisa.
em batalhas para mim vale quase tudo sim, com excessões de pederastia e ofensas familiares
acredito que a batalha como no começo lá em NY vem do lance da gastação do lance de ver quem é o melhor ali no improviso usando o que se pode usar dentro de certos limites, limites esses q citei acima, os quais não existiam nas primeiras batalhas, e que com o tempo aqui no Brasil foram aderidos