quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Conseguimos mas um Ano

Não Foi Fácil, Não!

Começamos o ano de 2007 com muitas dificuldades, porem otimistas pois 2007 tinha tudo para ser um ano de vitórias e assim foi.
Conseguimos Realizar a 9° edição do nosso evento Hip-Hop Zumbi, com feijoada a 3 reais, pagode, rap, reggae e muito mas.
Conseguimos realizar nossa Campanha Preserve o Ativo – O Tesão é Prevenir, que ocorreu durante todo o ano com distribuição de preservativos e material informativos sobre DST-AIDS.

Mantemos nossas oficinas em andamentos apesar de todas as Dificuldades:
- Oficina de MCs
– Com peça de teatro e, composições e tudo mas.
- Oficinas de Batucada – Iniciada em Agosto
- Mediação de Leitura – Fizemos uso do acervo disponível na Biblioteca Comunitária Livro Pra Que Te Quero.
- Sarau do Caldo – O Sarau mas Gostoso de São Paulo
- Axé – As meninas e meninos criaram até grupos
- Artes – Varias obras foram feitas
- Sexualidade – Parceria UNAS
- Paredão dos Enraizados – Vários artistas foram fuzilados

Conquistamos alem de respeito e carinho dos populares:
- Cortador de Gramas,
- Bebedouro de Água,
- Novos Livros,
- Novas Parcerias
- Camisa do Núcleo Cultural Poder e Revolução
- Água e Luz: Devíamos mas pagamos


NÃO CONSEGUIRAM TOMAR O ESPAÇO CULTURAL MALOCA, E ASSIM NOSSA BIBLIOTECA COMUNITARIA LIVRO PRA QUE TE QUERO SEGUE CRESCENDO.

Agradecimento especial:
Vander, Elisangela e Meg :
Pelo tempo dedicado ao Maloca e a Biblioteca.
Dinha e Du : Pela realização do Sarau e pela energia passada nos momentos difíceis.
Niela, Lisangela, e André: Pelo empenho nas oficinas.
Danilo e Bira: Por não nos deixarem na mão.
Sandrinha: Por acreditar que nosso grupo é muito forte.
IBEAC: Por Tudo
CDHU: Pelo Espaço Físico.
A Todos da Comunidade MALOCA ESPAÇO CULTURAL

sábado, 22 de dezembro de 2007

Porque o Carnaval tem datas diferentes todo ano ?

Essa eu Fiquei sabendo recentemento atravez do pessoal da Escola de Samba Rosas de Ouro, e confesso que sempre tive esta curiosidade mas ninguem sabia me explicar
Voce Sade porque o carnaval cai sempre me data diferente?
Deixa eu contar pra voces então:
O primeiro domingo após o 14° dia de lua nova é o domingo de Páscoa.

Ou, o primeiro domingo após a lua cheia, posterior ao equinócio da primavera é o domingo de Páscoa.


Se o 14° dia da lua nova ou da lua cheia posterior ao equinócio da primavera cair no dia 21 de março e for sábado, o domingo de Páscoa será no dia 22 de março.


Entretanto, se a primeira lua cheia, isto é, o 14° dia após o equinócio da primavera for 29 dias, depois do 21 de março, o domingo de Páscoa só poderá ser 25 de abril,


Isto é, o mais tarde possível.


Como o primeiro dia da lua nova, antes de 21 de março se situa necessariamente, entre 08 de março e 05 de abril, a Páscoa só pode cair entre 22 de março e 25 de abril.
O domingo de carnaval cairá sempre no 7o domingo que antecede ao domingo de Páscoa.

Racionais MC's a Historia.

Um dos principais grupos de rap e hip hop brasileiros, os Racionais MC's surgiram no final da década de 1980. A primeira gravação dos Racionais MC's foi em 1988, quando o selo Zimbabwe Records (especializado em música negra) lançou a coletânea "Consciência Black". Neste LP, apareceram os dois primeiros sucessos do grupo: "Pânico na Zona Sul" e "Tempos Difíceis".
Ambas canções apareceriam dois anos depois em "Holocausto Urbano", primeiro disco solo do grupo de rap. No LP, o grupo de rap paulistano denuncia em suas letras o racismo e a miséria na periferia de São Paulo, marcada pela violência e pelo crime. O álbum tornou os Racionais MC's bem conhecidos na periferia paulistana - o grupo fez uma série de shows pela Grande São Paulo. Ainda naquele ano, o conjunto fez dois na FEBEM.
Em 1991, os Racionais MC's abriram para o show do pioneiro Public Enemy, um dos mais famosos grupos de hip hop norte-americano, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.
A popularização na periferia de São Paulo fez com que os integrantes dos Racionais MC's passaram a desenvolver trabalhos especialmente voltados para comunidades pobres, dentre os quais um projeto criado pela Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, em que o conjunto realizou palestras em escolas sobre drogas, racismo, violência policial, entre outros temas. No final de 1992, foi lançado "Escolha O Seu Caminho", segundo LP do grupo.
No ano seguinte, participaram do projeto "Música Negra em Ação", realizado no Teatro das Nações em São Paulo, e gravaram LP "Raio X do Brasil", terceiro disco do conjunto, lançado em uma festa na quadra da escola de samba Rosas de Ouro - para um público estimado de 10 mil pessoas. Canções deste disco como "Fim De Semana No Parque" e "Homem Na Estrada" (ambas de Mano Brown) fizeram grande sucesso em bailes de rap e nas rádios do genêro em todo o país.
Principal atração do "Rap no Vale", um concerto de rap realizado no final de 1994, no Vale do Anhangabaú (centro de São Paulo), e que terminou em confusão e quebra-quebra, os membros do grupo foram presos pela polícia sob acusação de incitação à violência - a violência policial é um tema freqüente nas letras do grupo. Ainda naquele ano, a gravadora Zimbabwe lançou a coletânea "Racionais MC's".
Populares, os Racionais MC's participaram nos anos seguintes de vários concertos filantrópicos em benefício de aidéticos, campanhas de agasalho e contra a fome, além de atuarem em protestos como o contra a Abolição dos Escravos]] no Brasil.
No final de 1997, foi lançado o disco "Sobrevivendo no Inferno", pelo selo Cosa Nostra Fonográfica (do próprio grupo), que vendeu mais de 500 mil cópias vendidas. Dentre os grandes sucessos deste álbum estão "Diário de um Detento", "Fórmula Mágica da Paz", "Capítulo 4, Versículo 3" e "Mágico de Oz". com este disco, os Racionais MC's deixavam de ser um fenômeno na periferia paulistana para fazer sucesso entre outros grupos sociais. Apesar disso, o grupo adotou uma postura antimidiática. Um exemplo notório foi a cerimônia de premiação do Video Music Brasil, da MTV brasileira, quando Mano Brown provocou a platéia presente no evento, ao dizer que a mãe dele já teria lavado a roupa de muitos daqueles "boys", e ressaltou que o público dos Racionais MC's continuaria sendo o da periferia.
Continuam a se apresentar em clubes e quadras de escola de samba de comunidades carentes pelo Brasil. O disco chegou a marca de 500 mil cópias vendidas somente com distribuição do próprio grupo (nas bancas de jornal, bailes, clubes, quadras, shows e camelôs).
Em 2002, o grupo lançou "Nada Como Um Dia Após O Outro", disco duplo que, assim como seu antecessor, foi bem recebido pela crítica. Em 2007 ou 2006,sei lá, o grupo lançou "1000 Trutas, 1000 Tretas", primeiro DVD do grupo.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Enraizados ganha Premio

O Prêmio Cultura Viva é uma das ações do “Programa Nacional de Cultura, Educação e Cidadania – Cultura Viva”, idealizado pelo Ministério da Cultura, que conta com o patrocínio da Petrobras, apoio do Canal Futura e coordenação técnica do Cenpec - Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária.

Categorias
- Escola Pública de Ensino Médio
- Fundação ou Instituição Empresarial
- Gestor Público
- Grupo Informal
- Organização da Sociedade Civil
- Ponto de Cultura

O Prêmio Cultura Viva
O Prêmio Cultura Viva constitui um projeto inédito de valorização da prática sociocultural no país. O mapeamento das iniciativas proporcionado por sua abrangência nacional, bem como seu público-alvo e a metodologia do processo configuram a relevância e o sentido maior do trabalho: o reconhecimento, a divulgação e o incentivo à pluralidade das manifestações culturais presentes em cada canto do país.
O Prêmio possui uma metodologia baseada em um amplo processo de mobilização e de aproximação com os diferentes agentes do campo da cultura, possibilitando à sociedade brasileira o conhecimento da riqueza e da diversidade de realizações culturais de todo o país.
Dessa forma, a premiação é apenas uma etapa de um processo mais amplo de caráter formativo que envolve também a identificação, a sistematização e a divulgação de projetos de destaque no cenário nacional.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Importante para os artistas, Pra mim Não.

Campanha Nacional direcionada a todas e todos os artistas que entendem a importância de exigir respeito e valorização pelo seu trabalho. Em sua maioria são artistas que não possuem projeção na grande mídia.
A Campanha foi iniciada em 2006 pela banda de rap baiana Simples Rap´ortagem e direcionada aos ativistas do hip-hop, mas logo artistas de diferentes áreas [teatro, poesia, dança, música] se identificaram e buscaram fazer parte desse movimento.
Os estados que atualmente fazem parte da Campanha são: Amazonas, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Bahia, Minas Gerais, Alagoas, Maranhão, Paraíba, Piauí, Distrito Federal, Pará, Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro.

A Campanha se articula e ganha autonomia através de diferentes grupos e indivíduos cada qual se mobilizando e desenvolvendo estratégias locais de divulgação. Compromisso coletivo de quem busca criar uma cultura diferente, desfazendo o equívoco de confundirem militância com trabalho profissional.
Para fazer parte da Campanha é preciso ler e se comprometer em agir em conformidade com o MANIFESTO CADÊ O CACHÊ? que justifica a importância em Dizer NÃO aos convites sem cachê e estabelece acordos mútuos baseados em posturas profissionais. Muitos artistas que fazem parte da Campanha são ativistas e enxergam nela a possibilidade de se criar condições para que o lado profissional sustente sua militância.
As articulações em torno da Campanha têm sido feitas através do orkut, comunidade CAMPANHA NACIONAL CADÊ O CACHÊ http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=38058980. As estratégias de divulgação da Campanha são centradas na divulgação da marca através de roupas, graffites e principalmente carimbando notas de $1,00 e $2,00 com a marca.
Cada Estado se articula nesse sentido. Também através de músicas com o rap "Cadê o Cachê" da Simples Rap´ortagem que deu origem a Campanha e o rap "Santo de Casa" do MC Pernambucano Tiger, membro do grupo Faces do Subúrbio. Em 2007, a banda Simples Rap’ortagem teve projeto apoiado pelo FAZCULTURA para a realização da Temporada Cadê o Cachê com shows em cinco estados fora da Bahia: Rio Grande do Norte, Pernambuco, Minas Gerais, Maranhão e Piauí.

O grupo está em processo de busca de patrocinadores para o projeto.

domingo, 16 de dezembro de 2007

Estadio do Parque Bristol em Fase Final

Antes era somente um terreno com duas traves e riscado por cal, ete era nosso campo de futebol conhecido como Morrão.
Mas o tempo foi passando e vários outros terrenos nas mesmas condições viraram prédios, moradias de CDHU, Cinga Pura, Condomínios particulares etc...
Em dia de chuva era pura lama,
Em dia de Sol era só poeira.
Mas o Morrão continuou firme e forte e

Hoje recebe seu premio:
1-Arquibancada a ser inaugurada em janeiro (Obra em fase final)
2- Vestiários masculino, feminino e banheiros (Antes não tinha)
3- Bebedouro de Água ( Antes só em Galões)
4- Bar (Reformado e preço tabelado)
5- Comissão Organizadora (Antes era maior Zona)
6- Comissão Disciplinar (Acabou as brigas)

È agora você e sua família terá uma estrutura completa para assistir o seu time de varsea predileto, com muito conforto e assistência No estádio do Parque Bristol.

terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Fique Por Dentro

- Bob Marley: No Woman No Cry

Bob Marley foi a primeira (e até agora única) mega estrela surgida em um de terceiro mundo.
Marley tornou o reggae da sua Jamaica natal, em um ritmo universal.
As apresentações de Marley no Lyceum de Londres em 1975 são um dos momentos chave da história do pop mundial.
Muitos o consideram os melhores shows dos anos 70.
Se você quer saber se existe um fundo de verdade nisso é só ouvir o disco Live, ou apenas essa versão definitiva de um de seus maiores sucessos.
No Woman, No cry já havia saído no disco Natty Dread mas é difícil achar quem se lembre da versão original hoje em dia (e olha que era uma bela versão).
No woman, também tem importância para nós brasileiros, já que foi com a versão de Gilberto Gil (gravada em seu disco Realce de 1978 como “Não Chores Mais”) que o grande público daqui travou seu primeiro contato com aquele novo ritmo (já a primeira menção ao termo reggae por aqui cabe a Caetano Veloso que o mencionou em sua “9 out of 10” de 1972.

domingo, 9 de dezembro de 2007

Meu 1° Emprego

Que tempo Bom, meu primeiro emprego com carteira assinada.

Salario R$ 264,00, Ano 1996, Empresa NutriMais. A Turma da cozinha é animada

La la la la la

Esta Cristo no seu coração

La la la la la

Pois veja que é bem dificil

Fazer bóia boa para um batalhão.
Hoje outra profissão
Outra responsa
O Alvo iluminado
Deus que ilumina.
Ele é meu escudo
RE BLIN DA DO.
APESAR DE TER AUMENTADO AS VAGAS DE EMPREGOS NESTE ULTIMO ANO, A SITUAÇÃO AINDA É CRITICA PARA ALGUNS SEM ESTUDO.
ESTUDAR É PRECISO.

sábado, 8 de dezembro de 2007

SEJA VOLUNTARIO!!!

A única biblioteca do bairro precisa de você.

A biblioteca comunitária Livro-pra-quê-te-quero está selecionando voluntários (homens, mulheres, jovens ou aposentados) para diversos cargos no Maloca Espaço Cultural.
Interessados, favor entrar em contato pelo telefone 6335 5559, com Cecília.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

MORRER, SÓ SE MORRE UMA VEZ?

VENDEDOR

Trampava na biqueira.
20 conto o dia.
O sol no globo.
A chuva na moringa.

Dava pro café.
Dava pra coxinha.
Leite-moça, pão, farinha.
Daria pra motocicleta
um dia.

Avozinha da janela
cuidava de sua vida.
Ganhava 70 paus
num dia de faxina.

E a gente sonhava ser
entregador de pizza.

terça-feira, 4 de dezembro de 2007

UM ANO SEM FERNANDO ELZA, O MALOTE...

Só pra gente não esquecer....

Ao Mais-Novo caído


Asseguro.
Com certeza pensou no filho.
no menino que seria
o dos teus olhos
pra sempre.
tua mãe também
quando ouviu teu nome
e tiros
pensou no menino dos olhos
dela.
com certeza
lembrou do batismo
bebê no colinho
abandonando, desde cedo,
o pai.

Asseguro.
Pensou na vida
inteira
pela frente
que era sua e queríamos
que vivesse

pensou, talvez, em mim

eu que sangro todo dia
sua vida e sua história
e que endereço a você
meus versos de guerra e de glória
e divido com meus anjos
essa responsabilidade:
garantir tua existência
avançar em tua idade
roubada
até que se prove
o contrário
e você possa

descansar

em paz.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Conheça agora todos os maloqueiros e os maloqueiros membros dessa grande familia: Dinha, Eduardo(Du), Wander(Presidente), Sandra, Niela, Elisangela(Nega0, Terno, Andre, Lisangela (Lis) Danilo, Bira.
Posse Enraizados SP - Jovens Agentes de Direitos Humanos - IBEAC, CDHU -E.C Favela

O Bau do Maloca (07)

Interprete: Genival Lacerda -
Letra: A Véia Debaixo Da Cama
A véia debaixo da cama
A véia criava um rato
na noite que se danava
o rato chiava
E a véia dizia:
Ai meu Deus se acaba tudo
Tanto bem que eu te queria
A véia debaixo da cama
A véia criava um gato
Na noite que se danava
O rato chiava, o gato miava
E a véia dizia:
Ai meu Deus se acaba tudo
Tanto bem que eu te queria
A véia debaixo da cama
A véia criava um cachorro
Na noite que se danava
O rato chiava, o gato miava, o cachorro latia
E a véia dizia:
Ai meu Deus se acaba tudo
Tanto bem que eu te queria
A véia debaixo da cama
A véia criava um macaco
Na noite que se danava
O rato chiava, o gato miava, o cachorro latia, o macaco pulava
E a véia dizia:
Ai meu Deus se acaba tudo
Tanto bem que eu te queria

A véia debaixo da cama
A véia criava um porco
Na noite que se danava
O rato chiava, o gato miava, o cachorro latia, o macaco pulava, o porco fuçava
E a véia dizia:
Ai meu Deus se acaba tudo
Tanto bem que eu te queria

A véia debaixo da cama
A véia criava um bode
Na noite que se danava
O rato chiava, o gato miava, o cachorro latia, o macaco pulava, o porco fuçava, o bode berrava
E a véia dizia:
Ai meu Deus se acaba tudo
Tanto bem que eu te queria

A véia debaixo da cama
A véia criava um jumento
Na noite que se danava
O rato chiava, o gato miava, o cachorro latia, o macaco pulava, o porco fuçava, o bode berrava, jumento rinchava
E a véia dizia:
Ai meu Deus se acaba tudo
Tanto bem que eu te queria

A véia debaixo da cama
A véia criava um leão
Na noite que se danava
O rato chiava, o gato miava, o cachorro latia, o macaco pulava, o porco fuçava, o bode berrava, jumento rinchava, leão escurrava
E a véia dizia:

Ai meu Deus se acaba tudo
Tanto bem que eu te queria

A véia debaixo da cama
A véia criou uma cobra
a cobra mordeu o rato, mordeu o gato, mordeu o cachorro, mordeu o macaco, mordeu o porco, mordeu o bode, mordeu o jumento, mordeu o leão...
"Mordeu a véia!!!
... A véia!!!
- E o que que houve com a véia cumpadre?
- a cobra mordeu a véia, e a véia morreu... e é só isso... que fica pior pra mim.. tchau gente! FUI!!!

Poemas selecionados para Revista Grap

Edição em homenagem ao poeta Luís Gama


> Revertério - Alan da Rosa
> 13 de Maio - Akins
> Gameleira - Elizandra
> Cru ou Cozido - Rodrigo Ciríaco
> Campo de flores, Campo Minado - Shabazz
> Aquilombados - Maria Tereza
> Poema de Horizonte - Dinha
> Panikinho - Olhar Sincero
> Luiza, Luiz, Liberdade – Luciana
> Mãe Africa – Raquel
> O Crime - Michel
> Sedução – Sacolinha

sábado, 1 de dezembro de 2007

Não Esquecerei II

Não fiz promessas não
Eu me senti pequeno
Crianças cresceram comigo
Meninos amigos no mundo veneno
Aos pés da sepultura faço minha oração
Fósforos e velas, choro pelos meus irmão
As flores murcharam
As fotos ficaram
As recordações estão meu peito guardado
Uns Estão trancados
Outros tão viciados
Outros fumaram tanto

Ficaram devendo e foram cobrados
Antes, todos inocentes
Nem, pensavam em armas
Mas, corriam a noite porque a policia
Enquadrava e matava
Relembro o mês de julho
O tiro na nuca a execução
O outro que tomou no peito
A Rota alegou uma reação
Não apresentou arma
Ficou a saudade e também a revolta
São bons e maus momentos da vida

Que eu conto agora.

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Tentação aos montes

Ode à família

O diabo disse à moça
te dou todas essas luzes

tudo o que teu olho toca
cabera em tuas maos.

A moça fechou os olhos
dobrou sua alma pequena

três vezes.

Foi cuidar de suas crias.

CACHORRO GRANDE pergunta....

Que bicho você é?

Você e eu que não podemos comprar aqueles carros que aparecem na TV?
Só uma entradinha deR$1000,00 e mais 84 parcelinhas de sabe-se-lá-quanto...
Sò nós que somos bichos é que não podemos comprar.
Que bicho você é?????

terça-feira, 27 de novembro de 2007

Ganhadores do Premio Cooperifa 2007

Seu Lourival-Rose Dórea (Musa)-Márcio Batista-Tadeu Lopes-Sérgio Vaz-Ricarda-Professora Lu-Mavot sirc-Robson Canto (segundo ano).
Claudio Laureart-Sales-Valmir Vieira-José Neto-João Santos-Casulo-Lobão-Fuzzil-Tadeu Zuco-Alan da Rosa-Elizandra-Akin Kinte-Silvio Diogo-Toni C.
Jorge Esteves-Augusto-Helber Ladislau-Serginho Poeta-Sacolinha-Beso e Harumi-Renato Vidal-Rodrigo Ciríaco-Maurício Marques-Fernanda-Fanti-Timbó-Lila e Bárbara-Jair Guilherme - Artes Plásticas-PH bone-Wagner Felipe-Rose-
Grupo Versão Popular-Periafricania-Denegri-Wésley Noóg-Samba da vela-Záfrica Brasil-Banda Preto Soul-Negredo-Instituto Umoja-Grupo Espírito de Zumbi-Brava Companhia-
Ação e arte-Irmãos Carozzi-Blog Suburbano Convicto ( Alessandro Buzo e Marilda Borges)-Ação educativa - Agenda Cultural da periferia-Instituto Itau Cultural-Site Bocada forte-Site Real Hip Hop-Sarau do Binho-Cadernos Negros-MTST (acampamento João Cândido)-Casa de Cultura M´boi Mirim-Magrelas Bike-Projeto Raízes-Capão Cidadão-Sacolão das artes ( Roberto Qt, Rita e Josiel)-Rapaziada da rua 7-Ponte Preta - Jd. Leme-Sopa de Letrinhas-Jornal do Bairro-Jornal Brasil de fatosite o taboanense-SP Imprensa-Revista Rap Brasil-Cine Becos e vielas-Arte na periferia-DGT Filmes-Rock and roll filmes-Marcelino Freire -
Escritor-Gil Marçal - Produtor-Carlos Gianazzi-Prof. Toninho-Ferréz-Eliane brum-João Wainer-Marcelo Ribeiro-GOG-André Caramante-Nelson Maka - Blackitude - BA-Juliana-Familia Trindade ( Embu das Artes)-Ali SatiDe Lourdes-Alan Leão-Zé Batidão e equipeProjeto Dulcinéia CatadoraPoesia Maloquerista
Vamo Acordar
Seja a mudança que você quer ver.
1ª feira de Pacificação do Ser

Domingo 02/12/2007 a partir das 10:00 hs
Diversos Shows: Hip Hop, Samba, Reggae, MPB, Rock, Coral, Repentista/Cordel, igreja Evangelho Pleno etc.

Exibição de Documentarios, Exposição de Low Riders, Grafite, Boxe e Poesia, Fotos e Vídeos, Brincadeiras e Gincanas, Capoeira entre outros.

Fonte www.enraizados.com.br

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

----------3° PREMIO COOPERIFA-----------

DIA 12 DE DEZEMBRO/2007

A COOPERIFA VAI HOMENAGEAR TODOS AQUELES QUE DIRETA OU INDIRETAMENTE AJUDARAM A PERIFERIA A SE ATRANSFORMAR NUM MUNDO MELHOR PARA VIVER.


A HOMENAGEM É UM PRÊMIO À LUTA, À CORAGEM, À GENEROSIDADE, AO EMPENHO E À RESISTÊNCIA DESSAS PESSOAS QUE NÃO DESISTEM, APESAR DA REALIDADE, DE SONHAR COM O IMPOSSÍVEL.


SERÃO HOMENAGEADOS ARTISTAS, POETAS, ESCRITORES, LIVROS, EVENTOS, MOVIMENTOS CULTURAIS, JORNAIS, REVISTAS, FANZINES, BLOGS, SITES, TEATRO, CINEMA, DANÇA, ARTES PLÁSTICAS, GRAFITES, RAP, SAMBA, MPB, LÍDERES COMUNITÁRIOS, FOTOGRAFIAS, PROJETOS, JORNALISTAS, PERSONALIDADES PERIFÉRICAS, AMIGOS, RÁDIO,ETC.



SERA FORMADO UMA BANCA DE JURADOS, TODOS DA COOPERIFA, QUE SE REÚNIRÃO ESTA SEMANA PARA DECIDIR OS INDICADOS.


QUER SABER QUAL O CRITÉRIO?
- NENHUM,

VAMOS PRESENTEAR QUEM A GENTE QUISER!

UH, COOPERIFA! UH, COOPERIFA !

É TUDO NOSSO!

NÃO PERCA.

domingo, 25 de novembro de 2007

9° Hip Hop Zumbi ( Zumbi vive em cada 1 de nós)

Novembro é o Mês que celebramos como o mês da Consciência Negra, pois no dia 20 de novembro um Rei chamado Zumbi, que viveu e lutou no Quilombo de Palmares perdeu sua vida lutando contra a escravidão no Brasil e no mundo.
E mas uma vez o Nucleo Cultural Poder e Revolução consegue com muito esforço dos seus poucos, porem comprometidos membros realizar o 9 hip-hop Zumbi pois Zumbi vive em cada um de nós.

Começamos a correria bem cedo, eu (Terno) nos preparos do espaço, Som e limpeza e a Dinha e o Du no preparo da Feijoada que saiu muito suculenta, ao mesmo tempo o André rodava a cidade em pleno domingão atrás dos últimos detalhes.
O Vander que sempre segura a bronca na manutenção e conservação do espaço não pode fazer sua parte por esta com o braço contundido, mas colou e deu aquela força que só ele o presidente sabe o quanto é necessário para um Grupo.
A Elizangela foi a responsável pela farofa que acabou-se rapidinho.
Carla e Niela vendiam seus talões de feijoada onde quem comprasse ainda concorreria a uma camisa do Esporte Clube Favela. o Bira e o Danilo tambem estiverao presente.

Começamos com muito rap nacional nas caixas e logo em seguida a voz de Jovelina Perola Negra dominava os auto falantes.
Começamos o samba ao vivo com o grupo Codile, deu aquele tempero especial para orgulho dos negros e negras presentes.

Varios videos documentarios foram exibidos ao publico, tal como 8°HIP_HOP ZUMBI gravado ao vivo em 2006, Movimento Enraizados e MST.

Esse é o Nosso Espaço Cultural Maloca
*Mas de 200 Pratos feitos
*Mas de 300 pessoas passaram durante este domingo no Maloca
*MC Fumaça veio de São Caetano do Sul
*Pânico Brutal e Clã Raça Forte marcaram presença.
*Os Graffiteiros também deixaram sua marca nos muros do Maloca.

Também colou os manos da Posse Enigma, Rh2p, Poder da Mente, Posse Enraizados SP, Esporte Clube Favela, Unidos FC, Puro Fascínio e varias famílias inteiras.
A Sandra deve ta com maior inveja de não estar no Brasil essas horas, mas também fez sua parte por lá.
Obrigado a todos que compareceram, e informamos que o dinheiro arrecadado será revertido para pagar as despezas da feijoada e pagar contas de agua e luz da nossa Querida Maloca.

SALVE REI ZUMBI

SALVE A TODO POVO NEGRO

SALVE A TODO POVO CONSCIENTE

Salve

Breve as Fotos.

sábado, 24 de novembro de 2007

Ganhadores do Premio Hutuz 2007

Mas um ano de Premiação aos melhores talentos, Novamente foi o povo que escolheu quem levaria a taça de melhor.
Ai esta o resultado:

Revelação do Ano - U-Time

Norte e Nordeste - Rapadura

Produtor - Dj Jamaica

Destaque do Break - Estilo de Rua

Hip Hop Ciência e Conhecimento -Livro Guerreira de Alessandro Buzo

Melhor Dj de Grupo - Dj Bola 8

Melhor Grupo ou Artista Solo - Gog

Álbum do Ano – Gog

Melhor Música – Gog

Melhor Videoclipe - Sandrão

Demo Masculino – Neguin - Contenção

Demo Feminino – Afronordestina - Afro Nordestina

Destaque do Graffiti - Anarquia

Destaque Gospel – Relato Bíblico

Melhor Site - Rappin Hood



Parabens a todos, muita humildade e sucesso

terça-feira, 20 de novembro de 2007

20 de Novembro por Sandrinha

Pensei pensei e nao achei um titulo adequado...

A Escola Latinoamericana de Medicina (ELAM) tem como finalidade formar 200.000 medicos em um tempo de 10 anos num acordo de cooperaçao entre Cuba e Venezuela.
A criaçao desta universidade, obedece a necessidade de formar mèdicos comunitàrios com alta preparaçao cientifica, tècnica, ètica e humanista, com profunda vocaçao social que atuem como sujeitos diretos desta mudança social e politica, integrados a sua propria comunidade, mostrando que a saude è um direito e respeitar, valorizar e difundir a cultura de todos è parte fundamental da cooperaçao latinoamericana para construir uma Alternativa Bolivariana para America(ALBA).

Com este intuito os latinoamericanos presentes nesta escola fazem intercambios demonstrando suas culturas e tambem suas bandeiras de luta que tem em seus paises de origem, por isso neste 20 de novembro dia da CONSCIENCIA NEGRA a delegaçao brasileira e a EDUCAFRO junto com a delegaçao da Colombia, Panamà, Suriname e Venezuela nao esquecemos da barbàrie que foi a escravidao dos africanos em cada um desses paises e da situaçao atual de nossos paises,
mostraremos um pouco da influencia africana resgatando e mantendo sua imensa riqueza que faz parte de nossas culturas, atravès de fotos, videos, fragmentos da historia e dança.
Daqui enviamos e recebemos essa energia e com o compromisso de difundir e fomentar a cultura africana e nossa...ou melhor nossa cultura africana...vixe...isso jà nao se separa mais...pq essa cultura somos nòiss...
BJU grande....AXÈ...
....E minh’alma se abriu pras grandes festas,
A música dos teus poemas,
Faz-me dançar o bailado,.........
Vou assistir um espetáculo humano;
A confecção de bandeiras iguais,
Para seres que parecem diferentes (Solano Trindade)
BJU grande....AXÈ...
OBS: começamos com a atividade do dia da consciencia em 20 de outubro...com demosntraçao de capoeira, dança da colombia, suriname e finalizaremos no dia 20/11 com o maculele e tambor venezuelano...fizemos tb a pintura dos lutadores negros desses paises que jà citei...e quem contribuiu com os desenhos e pinturas foram o pessoal desses paises + uns chilenos.....isso è integraçao latinoamericana...hahha
Sandrinha Maloqueira a la Venezuela...
sandra alberti <albertisan@yahoo.com.br




FERIADO JÁ

Nesta data 20 de novembro relembramos a morte do líder Zumbi do Quilombo de Palmares, símbolo da resistência à escravidão Mundial.
Mas uma vez o Povo Negro se manifesta por esse Brasil a fora em busca de igualdade racial, preconceitual, contra a homofobia, machismo e em defesa da religião.
Outra coisa o 20 de novembo tem que ser feriado Já em todo Brasil e isso vai ser cobrado em cada ato, em cada cidade, bairro ou Vila. Assim como na Praça da Sé, Paço em SBC (Em SBC ainda não é feriado), Pq Bristol tera o 9° Hip-Hop Zumbi(Dia 25) e em vários outros lugares.
Este feriado que o povo negro vem exigindo a anos, alem de relembrar a morte de Zumbi, ainda serve de reflexão para que a sociedade possa pensar políticas de inclusão social.
De acordo com pesquisas (Tribuna Metalúrgica).
A Maioria dos cargos são ocupados por Homens brancos, Isso só se inverte quando o trabalho é pecuária, agricola ou mineração.
Os negros e as mulheres continuam com um salário menor que a dos homens brancos.
As finaciadoras,e bancos quase não contratam negros.

Hoje é feriado em 267 municípios de 12 Estados do País pelo Dia da Consciência Negra.
ACORDA SÂO BERNARDO DO CAMPO: Tenham mas respeito pela nosso povo que sempre foi marginalizado.
- Fechem as portas dos comércios e vamos a luta.
Obs: Pra quem não sabe o prefeito de SBC ainda não implantou o feriado na cidade, pois ele esta atendendo a exigências dos donos de comércios que estão alegando que o feriado causaria prejuízos nas vendas.
Fica ai meu conselho, Proteste Evitem compras nesta cidade.

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Excurssão para Extrema MG

Dia 18/11
vai ter uma excurssão para

Extrema MG.

Piscina - Churrasco - Samba - e Rap
Preço: 30,oo reais, com o Tula.
ja esta confirmado publico para 3 onibus, mas o pessoal que vai de carro
Confirme até sexta, tem pouca vaga nos onibus.


Saida da Vila da Paz

domingo, 11 de novembro de 2007

Hip- Hop Zumbi

Todos estão convidados a participar do


9 ° HIP_HOP ZUMBI,

Que sera realiozado no dia 25/11 a partirdas 10 horas no

Espaço Cultural Maloca, Parque Bristo Rua Particular 556.

Teremos varias atrações, entre elas:


Panico Brutal (Rap)

Teatro (Durma com os Anjos Crianças) Oficina de Mcs

Samba de Roda

Mc Fumaça (rap)

Poesia


E MUITA FEIJOADA a $ 3,00 o prato feito.


Compareça.

terça-feira, 6 de novembro de 2007

Oficina de Sexualidade

Missão: Promover a cidadania, a melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento integral da comunidade.
Oficina de Sexualidade
(gratuita)
Para adolescentes de 13 a 18 anos
Horário: Segunda e Quinta feira
Manhã:das 10h às 12 hs;
Tarde: das 14h às 16hs
Local: Maloca Espaço Cultural
Rua: Particular,556 Pq. Bristol
Realização:
CEDECA-Caminhos
Núcleo Poder e Revolução
Preserve o Ativo - Tesão é Prevenir

domingo, 4 de novembro de 2007

Nasceu a Sara!

Gente do Bem... o mutirão de hoje, no Maloca faiô por causa da chuva... mas a Sarinha, que ficou de nascer e não nascia, se decidiu na última segunda-feira (29/10), na madruga... praticamente depois da reunião em que a gente decidiu sobre o mutirão e "otras cositas más".
Aviso que quem queira conhecer a mais nova moradora do Parque Bristol, membro involuntária do Poder e Revolução, não ouse discriminar a Katrine!
Além de deixar de ser única, ainda ter que aguentar as visitas e presentinhos pra neném... tenham dó!
Tamo junto! De volta!

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Fim de Semana no PQ Bristol

Quadrangular do Unidos

Gremio Campeão 2007
Parabens



Dia 02/11/07 no Campo do União
08 horas Veneza 3 X 1 Netos de Messias (A)
09 horas Boca Liviero 2 X 4 Gremio (B)
10 horas Mirassol 1 X 2 São Gabriel (C)
11 horas Favela 0 X 2 Unidos (D)

Semi finais

13 Horas Ganhador (A) Veneza 1 X 1 Gremio Ganhador (B)
Deu Gremio Nos penaltes

4 horas Ganhador (C) Unidos 2 X 2 São Gabriel Ganhador (D)
Deu Unidos nos Penaltes

Final
16 horas Ganhador (AB)Gremio 1 X 1 Unidos Ganhador (CD)

Deu Gremio nos Penaltes
A Torcida Compareceu em Peso

Atividades do Nucleo Cultural Poder e Revolução

- Camisetas Maloca

Solicite sua camiseta do Espaço Cultural Maloca,
O preço é 24,00 Reais
Na frente vem o Simbolo do Nucleo Cultural e o Nome da Biblioteca
Nas costas vem o escrito "Preiferia Lê"

Vander e Terno estão responsáveis para o pedido e compra.

- Hip Hop Zumbi

Será 25/11/2007 das 11 hs as 17 hs domingo
Terá uma feijoada Prato Feito - PF com preço popular R$ 3,00 no qual quem comprar antecipado concorre á um prêmio de MP3 Player.

Varios Convidados

Atrações

Bloco Samba no Pq Bristol
Peça dos meninos da Oficina de MC´s da Posse Enraizados SP
Microfone aberto
Banda de Reggae
Mc Fumaça (a Confirmar)
Pânico Brutal

- Mutirão da limpeza

No dia 04/11 - Domingo as 10 horas na Maloca
Sua presença para nós é muito importante
Não Falte

- Sarau do Caldo
Data 10/11
Elisangela vai fazer o próximo caldo ( de mandioca ) Não perca...

- VAI

Serão abertas as inscrições e o Nucleo irá enviar projetos inovadores que contemplem nossas atividades.
As idéias serão discutidas em reuniões futurasvisando nossos projetos.

- Presente na ultima reunião

Dinha
Du
Vander
Terno
André
Meg
Elisangela

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

O Lula Morou no Bristol

"Aliás, eu me lembro de uma vez, eu morava num lugar, em São Paulo, chamado Parque Bristol, um lugar muito pobre, já perto de São Bernardo do Campo. Era uma barreira desgraçada, daquela que você levantava para ir trabalhar de manhã, carregava 10 quilos de barro vermelho na sola de cada sapato.
Eu andava com uma galocha embrulhada num jornal e, quando chegava na padaria, tirava o sapato cheio de barro, ou melhor, tirava a galocha, embrulhava a galocha num jornal, botava embaixo do braço, entrava no ônibus, ia trabalhar, lá eu lavava a minha galocha e voltava limpa.
Por que eu estou contando isso? Porque, uma vez, era eleição, em 1968, Ciro Gomes, se não me falha a memória, ou 1972.
Eu me lembro que era um sábado à tarde, eu estava sentado perto de um campo de futebol e veio um caminhão da prefeitura, trazendo poste, fechando aqui de meio fio, trazendo guia, sarjeta, poste e cano, e jogando por tudo quanto é rua, e "não-sei-das-quantas"... Eu sei até o nome do candidato, não vou nem falar quem é. Mas eu sei, é vivo, até tenho uma boa relação com ele, hoje. Foi lá, encheu o Parque Bristol de poste, de cano d'água, de guia de sarjeta. E dali a um mês e pouco teve a eleição, e o cara ganhou as eleições.
Eu me lembro como se fosse hoje: uma semana depois recolheram tudo que colocaram na rua e nós ficamos "chupando o dedo" mais seis anos, para que viesse uma coisa para lá." (Discurso feito em 11/02/05 em Surubim-PE)

Hoje o Bristol tem ruas asfaltadas, várias linhas de ônibus e Postos de Saúde.
Mas ainda querem tirar o que nos deram.

Espaço Cultural Maloca
Não Hein !!!

domingo, 28 de outubro de 2007

Nucleo Cultural Poder e Revolução


Hoje estivemos reunidos novamente, e foi muito bom ver o pessoal todo presente e participando com várias idéias de novos projetos e também adptar os que já estão em andamento.
Foi uma reunião bem descontraída, ou melhor um encontro entre amigos que tem sonhos em comum, melhorar nosso bairro e as condições de vida de seus habitantes através de muita Cultura e Cidadania.
È muito bom ver esse povo que se reúne a mais de 10 anos, conquistando o carinho e a admiração dos populares.

Muitos dos nossos sonhos, já se tornaram realidade:

* Espaço Cultural Maloca - Local onde funciona nossas atividades: Saraus,oficinas, reuniões e eventos;
* Biblioteca Comunitária Livro-Pra-Que-Te-Quero - Conta com um acervo de mais 4000 livros;
* HiP-Hop Zumbi – Campanha de valorização e auto estima do Povo Negro. Todo mês de Novembro;
* Preserve o Ativo - Tesão é Prevenir - Campanha anual, que visa estimular os jovens ao uso de preservativos, Sexo seguro;
* SexRaPreventivo – Evento de encerramento da campanha: Preserve o Ativo-Tesão é Prevenir.
Não é só isso não!
DOMINGO DIA 04/11/07
ESTAREMOS FAZENDO MUTIRÃO DE LIMPEZA NO ESPAÇO.
Todos estarão presente às 10:00 HORAS.

Esse é o grupo que faço parte desde 1999.
Tenho muito orgulho dessas pessoas que a uma década fazem a diferença.

Valeu Povo !!!

sábado, 27 de outubro de 2007

Negrice em Flor

SESC POMPÉIA CONVIDA PARA O ESPETÁCULO “NEGRICES EM FLOR”
Espetáculo com literatura, música e dança
Lançando o livro "Negrices em Flor", Poesia e Desenho, de Maria Tereza.
Este singelo livro trata de questões femininas e da negritude.
A autora procura de si e comunica seus espelhos de dentro, na busca de prosas e labirintos com seus leitores.
Lançamento pela Edições Toró, selo independente, que edita a literatura quilombola paulistana há dois anos.
O evento contará com participações de Vitor da Trindade, Beth Belli e Nega Duda (Bloco Afro Ilu Oba De Mim), os dançarinos Matheus Subverso e Jefferson Fleming (Posse SUATITUDE) , mais a dançarina Luli Ramos (Cia. Abieié).
Versando e cantando o livro, se apresentarão Paula Pretta e a própria autora Maria Tereza
Choperia. Grátis
Dia 28/10 Domingo, as 18h. no SESC Pompéia

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Noite adentro Livro do Robson Canto

Robson Canto é um mano simples da Favela do Pilão Vila Carioca,
Vagabundo nato
Todo evento cultural que compareço la esta o Robson Canto e sua esposa Neide.
Felicidades Aliado...

Sacolinha na poltrona do Jô

Sacolinha, autor dos livros: Graduado em Marginalidade e 85 letras e um dísparo, hoje a noite no programa do Jô. Não Percam!

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

O Bau do Maloca (04)


Rainha Ginga ou apenas (Quelé)
Duas maneiras de chamar Clementina de Jesus (1901-1987), com a imponência do título de realeza e com a corruptela carinhosa de seu nome.
Clementina evocava tais sentimentos aparentemente contraditórios. A ternura e o profundo respeito.
A ternura de negra velha sorridente.

Todos com quem se envolvia tinham a compulsão de chamar de Mãe, como a chamavam os músicos do musical Rosa de Ouro.Uma pessoa capaz de interromper um depoimento dado à televisão para discutir sobre o café com a moça que o servia.
Um brilho especial nos olhos que cativou desde os mais humildes ao imperador Haile Selassié. Talvez por ter trabalhado tantos anos como empregada doméstica e ter começado a carreira artística aos 63 anos, descoberta pelo poeta Hermínio Bello de Carvalho, nunca o tratava de forma diferente devido à posição social.
O respeito ao peso ancestral de sua voz.

Uma África que estava diluída em nossa cultura é evocada subitamente na voz e nos cânticos que Clementina aprendeu com sua mãe filha de escravos. Clementina surgiu como o elo perdido entre a moderna cultura negra brasileira e a África Mãe.
Clementina causou uma fascinação em boa parte da MPB. Artistas tão diferentes como João Bosco, Milton Nascimento e Alceu Valença fizeram questão de registrar sua voz em seus álbuns. Apesar disto Clementina nunca foi um grande sucesso em vendagem de discos. Talvez por ter gravado quase que somente temas folclóricos, ou por sua voz não obedecer aos padrões estéticos tradicionais.

O que realmente impressionava eram suas aparições no palco, onde tinha um contato direto com seu público.
Clementina, mesmo tendo iniciado tardiamente sua vida artística e com uma curta carreira, é sem dúvida uma das mais importantes artistas brasileira. Apesar disto hoje em dia não existe um único de seus discos em catálogo..

Artista : Clementina de Jesus

Música : Partido Clementina de Jesus
Tom: A
A Bm7
Não vadeia Clementina
E7 A
Fui feita pra vadiar
F#7 Bm7
Não vadeia, Clementina
E7 A F#7
Fui feita pra vadiar, eu vou...
Bm7 E7 A F#7
Vou vadiar, vou vadiar, vou vadiar, eu vou
Bm7 E7 A
Vou vadiar, vou vadiar, vou vadiar, eu vou
Bm7
Energia nuclear
E7 A
O homem subiu à lua
A7
É o que se ouve falar
D
Mas a fome continua
É o progresso, tia Clementina
D#° C#m7
Trouxe tanta confusão
F#7 B7
Um litro de gasolina
E7 A
Por cem gramas de feijão
Bm7
Não vadeia, Clementina...
Bm7
Cadê o cantar dos passarinhos
E7 A
Ar puro não encontro mais não
A7
É o preço que o progresso
D
Paga com a poluição
O homem é civilizado
D#° C#m7
A sociedade é que faz sua imagem
F#7 B7
Mas tem muito diplomado
E7 A
Que é pior do que selvagem

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Indicados ao Premio Hutus 2007

O Grupo Panico Brutal foi indicado ao Premio no ano de 2003 na categotia Melhor Demo Masculino.
Revelação do ano
Criolo Doido
Realistas NPN
Relatos da Invasão
Rosana Bronks
U-Time
Norte nordeste
Consciência Nordestina
Kbssa
Opção Verídica
Preta Iaia
Rapadura
Produtor Revelação
Ariel Feitosa
Capo
DJ Jamaika
DJ Nato
Jimmy Luv
Destaque do Break
Big Fields Break
Daniel KDM
Estilo de Rua
Tsunami Allstars Crew
Ultimate B.boys
Ciência e Conhecimento
Favela no Ar - Ivan Vale Ferreira
Guerreira - Alessandro Buzo
Noite a Dentro – Robson Canto
É tudo Nosso ! - Toni C
Um presente para o Gueto - Fuzzil
Melhor DJ de Grupo
DJ Ajamu – U-Time
DJ Bola 8 – Realidade Cruel
DJ Marola – Voz Sem Medo
DJ Spaiq - Thaide
DJ Tiago – GOG
Demos Masculino
Demos Feminino
Melhor Video clipe
Cavalo Sem Dono Selvagem – GOG Clique para Assistir
Grito de liberdade – Nação Maré Clique para Assistir
Pra cima - Thaide Clique para Assistir
Respeito Oriental – Sandrão Clique para Assistir
Tem Cor Age – Zafrica Brasil Clique para Assistir
Melhor Grupo ou Artista Solo
Criolo Doido
Cirurgia Moral
D.B.S e a Quadrilha
GOG
U-Time
Destaque Gospel
Atalaias
Mano Reco
Relato Bíblico
R.E.P
Tina
Melhor Álbum
Aviso às Gerações - GOG
Jogar pra Ganhar - Rosana Bronks
Não da Nada se Der é Pouca Coisa - Cirurgia Moral
Tem Cor Age - Zafrica Brasil
Trutas e Quebradas – U Time
Melhor Música
Destaque do Graffiti
Melhor Site de Rap
Ao Cubo - Veja o Site
A Família - Veja o Site
Sandrão - Veja o Site
Rappin Hood - Veja o Site
Facção Central - Veja o Site
Esses são os nomes que concorrerão ao Prêmio Hutúz 2007. Fique ligado, dia 20 começou a Segunda Fase da Votação.
Urgente !!!
Reunião Domingo No MALOCA
as 17 Horas:
-Discutir Proposta de Projeto (ECA)
-Hip-Hop Zumbi (proposta)
- Contas de consumo do espaço
- Mutirão

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Apoio a Dr Valdênia


O assunto hoje é muito pesado!

Tem muita gente que nem acredita que isso ainda exista, mas quero falar da perseguição e armação contra numa advogada da área de direitos humanos, que atua na região de sapopemba, chamada Valdênia Aparecida Paulino, conhecida como Dra. Valdênia pela população.

Valdênia é uma figura de livro é uma personagem de historia em quadrinhos.

Valdênia é advogada, pedagoga e professora.

Valdênia é fodida, sacudida, encara pra valer, é um exemplo de coragem e de conduta.

Boca dura, que só ela, já conheci gente corajosa, já conheci gente que se mete em confusão e na defesa dos mais pobres, dos mais humildes, dos mais perseguidos, mas como ela são poucas.

Sempre que assisto aquele documentário fantástico do Eduardo Coutinho “Cabra Marcado para Morrer”, baseado no assassinato de João Pedro Teixeira (1962), líder de uma Liga Camponesa na Paraíba, e vejo a viúva Elizabeth Teixeira narrando os fatos, ela me lembra a Valdênia. Só que há uma diferença, ao contrário do camponês João Pedro Teixeira, Valdênia é cabra marcada para viver.

Para viver intensamente no meio do povo, que figura bonita, magrinha, fina, de gestos geométricos e excelente oratória, em que vai atirando com as palavras. Ela não perdoa os torturadores, aqueles que atiram pelas costas à noite nas favelas, não perdoa os dissimulados, os desavisados, ela nunca pega leve, quando está inconformada com a barbárie e a injustiça.

Pois é, já tentaram de tudo para pegá-la. Ela já sofreu ameças de morte de todos os lados, da polícia e do tráfico, já teve até que sair do pais e andar escoltada. Mas seu corpo é fechado e seu anjo da guarda nunca dorme em serviço.

Só que dessa vez, armaram legal, à moda antiga, à moda mais covarde e suja. Estouraram um aparelho do tráfico, com a imprensa na porta, aí, pasmem senhores, pasmem, parece coisa de jornal velho, encontraram uma agenda na casa dos procurados, encontraram uma agenda no aparelho estourado do tráfico e o que continha nesta agenda? Adivinhem o que continha, o que encontraram? Uma agenda, uma suposta agenda, com nomes de pessoas que recebiam contribuições ou pagamentos do tráfico. E lá estava o nome da Valdênia. Ninguém sabe, ninguém viu. Que armação velha, que armação suja. Valdênia, a advogada dos pobres despossuídos, na folha de pagamento do tráfico. Que vergonha! Ainda fizeram publicar nos jornais a encomenda.

Não! Ninguém vai desmoralizar a Valdênia, ninguém vai quebrar a fé e a credibilidade que temos nela.
A Valdênia é incorruptível, é exemplo. Seus pequenezes, abastardados pela convivência com o crime.
Confiamos na honestidade da Valdênia Aparecida Paulino, filha da dona Sebastiana Gomes Paulino e do Sr. Orácio Paulino, nascida em 30 de abril de 67, há exatamente 40 anos, em Bocaiúva, Minas Gerais. Veio com a família para São Paulo na década de 1970, para morar na periferia da zona leste, onde iniciou sua militância junto à comunidade.

Brigou com a Valdênia, brigou comigo, brigou com a Valdênia, brigou com o povão, brigou com a Valdenia, vai ter troco, troco na moral, na categoria, na classe.

Compareça ao ato de desagravo em apoio à Dra. Valdênia, no dia 18 de outubro, às 15h30, no Plenário José Bonifácio, na Assembléia Legislativa de São Paulo.

Se você tem algo a dizer, se a conhece venha dar uma força, se não a conhece venha do mesmo jeito, porque vale a pena conhecer essa personagem da história da humanidade.

Adriano Diogo

domingo, 14 de outubro de 2007

Atravez deste Blogger informamos que o Parque Bristol tem mais uma RUA DE LAZER.

È a Rua Jose Pereira Cruz (Rua 1), trexo que corresponde entre a Jorge de Morais (RUA 2) e Jean de Capelli (Rua 6). Aonde podera estar sendo feito o desvio para quem vai ou vem da Vila Livieiro sentido Bristol

Portanto por favor não passe neste Trexo de rua nos finais de semana.

Alias não temos autorização da Prefeitura e nem da CET, mas temos o Apoio e a compreensão dos Populares, e dos Vizinhos.

Com isso esperamos diminuir o risco de acidentes no local, proporcionando mas lazer as crianças da Favela Vila Cristina.

sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Brasil Mestiço


Inscrições para o concurso Brasil Mestiço até 31/10


A Casa Brasil Mestiço está promovendo o "Primeiro Concurso Brasil Mestiço de Samba e Choro". As inscrições vão até o dia 31 de outubro.
Há três categorias: melhor composição inédita, melhor intérprete e melhor conjunto.
A premiação do concurso será a participação no DVD "Lapa", que será lançado em 2008 como desdobramento do projeto cinematográfico "Lapa: o ponto maior do mapa".
O regulamento com mais informações, a ficha de inscrição e os modelos de autorização necessários para inscrição estão disponíveis no site: http://www.lanalapa.com.br/, a partir do dia 11/10. Ou então solicite-os ao e-mail casabrasilmestico@globo.com.
O endereço da Casa Brasil Mestiço é Av. Mem de Sá, 61 – Lapa. Tels: 2509-7418/2232-9756.

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

ATENÇÃO PESSOAL MUTIRÃO

NESTA SEXTA FEIRA - FERIADO - TEM MUTIRÃO DE LIMPEZA

NO MALOCA ESPAÇO CULTURAL

ESPERAMOS VOCE LA.

terça-feira, 9 de outubro de 2007

Lançamento


È amanha na Cooperifa o lançamento do 1° Livro do Robson Canto, "Noite Adentro"
"NOITE ADENTRO EM MEIO AOS PENSAMENTOS/ ME LEMBRO DE TIM MAIA CANTANDO LAMENTOS/ A CANÇÃO É EFICAZ EM DIZER/ QUE A QUALQUER MOMENTO QUALQUER UM PODE PERDER/ SEJA O FILHO O PAI A PESSOA AMADA/ AS VEZES ME SINTO COMO SE FOSSE UM NADA"QUARTA-FEIRA NO SARAU DA FAMÍLIA COOPERIFA".
Esse é só o 1° de muitos que virão por ai.

domingo, 7 de outubro de 2007

"Hasta Siempre Comandante!"

Erneto Che Guevara nasceu em 14/05/1928, e no dia , 9 de outubro, por rádio, veio a ordem de La Paz para que o executassem. O título acima também dá nome a uma obra prima da música cubana em que o compositor Carlos Puebla homenageia Che Guevara, o médico argentino que se propôs a lutar por um povo que ele nem sequer conhecia.Ernesto Guevara de la Serna, por obra do destino, conhece, no México, um certo Fidel Castro, que lhe faz um proposta indecorosa:
Lançar-se ao Golfo do México rumo a um país desconhecido junto com 81 companheiros para lutar contra mais de três mil homens apoiados militarmente pelos Estados Unidos.
O que um jovem recém-formado em medicina pela Universidade de Buenos Aires poderia dizer diante de uma proposta dessas?
A sensatez sugerida pela ordem teórica ditada pelo capitalismo nos levaria a imaginar que ele não aceitaria a proposta. Mas ele disse sim.
Começava ali a epopéia de um homem que mais tarde seria preconizado como o grande tutor da causa revolucionária.Ao desembarcar em Cuba o exército rebelde foi recebido por um bombardeio aéreo que o faz sofrer grandes baixas.
Reduzido a um contingente de 18 soldados feridos e mal armados, o grupo marcha para a legendária Sierra Maestra onde daria início a batalha de Davi contra Golias.
Aqueles jovens idealistas começavam ali o que se chamou de “A revolução impossível”.
Foi dada a partida para a mais romântica das empreitadas da esquerda latino-americana. Começava a Revolução Cubana.- Mas, por que ele disse sim? Essa é a indagação pairou sobre as mentes de muitas pessoas que não o conheciam mais profundamente.
– Mas o que diria o filho de uma família que via permanentemente a mesa de jantar rodeada de meninos pobres, fiéis escudeiros do filho mais velho. O que poderia dizer um médico recém-formado que ignora a possibilidade de adquirir automóveis importados e mansões.
Que parti em busca dos mais recônditos leprosários para trabalhar a troco de cama e comida? Qual resposta poderia dar um aventureiro que da garupa de uma motocicleta conhece toda a miséria e toda a sorte de exploração que possa recair sobre um povo que vive à sombra de um império? Como poderia reagir uma pessoa que se alimentava ideologicamente da indignação de ver um ser humano ser explorado por outro.
Não havia para ele outra resposta se não dizer sim a uma proposta que lhe tiraria da posição de observador para assumir a função de modificador de uma ordem pré-estabelecida.
Era chegada, portanto, a hora de cumprir aquilo que bradou seu comandante: “Em 1956 seremos livres ou seremos mártires”.
Quer saber o final dessa história? Eles se tornaram livres. O impossível aconteceu. Davi venceu Golias.
Aqueles 18 soldados que iniciaram a luta contra os três mil, venceram. A Revolução triunfou. Como dizia Che Guevara: “O extraordinário virou cotidiano”.
Ao aceitar a proposta de Fidel Castro, Che desafiou a Grande Potência do Norte que há décadas dominava econômica e politicamente a ilha. Venceram, expulsaram os americanos e deram um “mau exemplo” para toda a América Latina. É isso o que esbraveja a velha e resignada elite burguesa, doutrinada aos moldes do capitalismo. É essa verdade que certa revista brasileira e a mídia neoliberal desejam subverter. É esse exemplo que pasquins a serviço da classe opressora desejam apagar.
Depois da malfadada campanha contra o MST, contra as ONG’s e contra todo e qualquer movimento social, eis que a revista Veja vem tentar subverter a verdade histórica, mas dá um tiro no próprio pé: Na passagem dos 40 anos da morte de Che Guevara ela diz: “Por suas convicções ideológicas, Che tem seu lugar assegurado na mesma lata de lixo onde a história já arremessou há tempos outros teóricos(...)”.
Há dez anos atrás, no 30º aniversário da morte de Che, a revista tinha outra opinião: “Che Guevara (...) era bonito, destemido e morreu jovem, defendendo conceitos igualmente jovens, como a solidariedade e a justiça social”.
O filósofo francês Jean-Paul Sartre classificou Che como “o mais completo ser humano da nossa era”.
Como escreveu Pablo Neruda, o poeta preferido de Guevara: "Podem matar as flores, mas, jamais acabarão com a Primavera".

Retirado do Blogger do reporteRetiradodeste blogger da hora
.r Luciano Soahttp://imagemeletra.blogspot.com/res