domingo, 27 de dezembro de 2009

Movimento de Moradia


Região Sudeste > Associação dos Movimentos da Moradia da Região Sudeste PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Endereço: Rua Memorial de Aires n° 500, Jardim São Saverio
E-mail: ammrs500@yahoo.com.br Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
Número de participantes: Cerca de 5000 famílias
Local de Atuação: Região Sudeste da capital
Área de atuação: Mutirões e Autoconstrução, favelas, aluguel, cortiços e empréstimos.

Histórico:
A Associação dos Movimentos de Moradia da Região Sudeste é uma entidade que articula 10 movimentos de moradia na região Sudeste, compreendendo os bairros, Jardim Clímax, Pq. Bristol, Água Funda, Vila Mariana, Vila Livieiro, Ipiranga, Jabaquara, Vila Arapuá, Jardim Maristela e Vila Moraes.
A nossa proposta é construir um movimento de base em prol da Luta da Moradia e Reforma Urbana, nos princípios da organização, democracia interna e defesa das políticas públicas com participação popular para mulheres, idosos, negro(a)s e famílias de baixa renda.
O Movimento de Moradia da Região Sudeste, nasceu com as articulações da Pastoral de Favelas da Região Episcopal Ipiranga, a partir de 1980 com o objetivo de articular, mobilizar os movimentos de moradia, lutar pelo direito à moradia, por reforma urbana e autogestão e assim resgatar a esperança do povo rumo a uma sociedade sem exclusão social e igualitária.
Sempre defendendo a proposta autogestionária, o direito à moradia e à cidade e a participação popular nas políticas públicas, o Movimento de Moradia da Região Sudeste organiza-se em torno desses princípios comuns que se traduzem em reivindicações, lutas concretas e propostas dirigidas ao poder público nas três esferas de governo.
Nesse sentido, tem enfrentado as diferentes gestões, ao longo desse tempo, buscando a negociação e a ações prepositivas, sem deixar de lado as ferramentas de luta e pressão do movimento popular.
As reuniões da Coordenação ocorrem sempre as terças feiras, quinzenalmente, na sala da Igreja Nossa Senhora da Moradia da Comunidade do Mutirão do Jardim Celeste.
As reuniões dos grupos de base ocorrem mensalmente, nos diversos bairros acima citados, normalmente nos salões das Paróquias destas comunidades.
A Assembléia Geral acontece todo terceiro domingo de cada mês as 15h

As instâncias de deliberação e operação são:
-coordenação composta: Por 12 pessoas e 12 suplentes representando os bairros participantes da Coordenação;
-plenária mensal dos grupos de base;

O Movimento de Moradia da Região Sudeste é filiado á Central de Movimentos e Populares - CMP e à União dos Movimentos de Moradia de São Paulo.

Dias de reuniões das áreas:
-Vila Mariana - 2º domingo as 15:00hs - Rua Fiação da Saúde 335
-Vila Moraes - Reunião quinzenais, as sexta feiras, as 19:00hs - Igreja Santa Angela, Vila Moraes
-Livieiro - 4° Domingo de cada mês, as 15:00hs - Rua Claudio Ferreira Manoel n°62, Savil
-Bristol - 2° Domingo de cada mês, as 15:00hs - Salão da Paróquia Sta Cristina
-Ipiranga - 3ª Segunda-feira do mês, as 19:00hs - Rua do Fico n°100
-Vila Arapúa - Última 6ª feira do mês, as 19:00hs - Igreja N. Sra. Aparecida de Vila Arapuá, Rua Epiacaba
-JD. Clímax - 1º Sábado de cada mês, as 15:00hs - Rua José Pereira Barreto 179, Salão do Cj do Clímax
-Maristela - 2ª Sexta-feira de cada mês, as 19:00hs - Igreja N. Sra de Fátima, Av. N. Sra. da Encarnação
-Água Funda - 1º Sábado de cada mês, as 16:00hs - Igreja Santo Afonso, Rua Dr Carneiro Maia 95


sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Realidade Cruel agora sem o Rapper Flagrante


Um dos principais grupo de Rap do Brasil, o Realidade Cruel, acabou de perder um de seus fundadores.
É que o rapper Flagrante se converteu e agora segue sua vida religiosa longe do RAP. Apos 17 anos no grupo, o rapper que ja gravou com GOG, Proverbio X entre outros, vai dedicar-se a religiosidade, na Igreja Congregação crista no Brasil.

E isso é muito bom, saber que alguns manos estão deixando o rap para buscar paz nas igrejas, no esporte, na familia, e que o crime não esta mas sequestrando nossos irmãos.

Siga na Fé Flagrante. Nós do Hip-Hop, estaremos torcendo por voce. e pelo Realidade Cruel.

Alias o Realidade Cruel promete disco novo em 2010.
aguardem.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Reportagem Jornal Logradouros



 Terreno abandonado no
Parque Bristol gera impasse



Um terreno localizado no Parque Bristol, próximo à Rua José Pereira Cruz, onde funcionava o Espaço Cultural Maloka, tem intrigado a comunidade da região. Em novembro de 2009, de acordo com membros do Maloka, o terreno foi requisitado pelo CDHU, a fim de ser doado para a Prefeitura, para a construção de uma creche. Porém, desde fevereiro, nada foi construído, e o local está abandonado e deteriorado.

A comunidade procurou as autoridades para reivindicar a devolução do espaço ou a construção da creche, mas foi aí que surgiu o impasse: ninguém sabe de quem é o terreno. “Fomos até a subprefeitura, CDHU, e ninguém sabe de nada. Estamos num mato sem cachorro”, diz Rodrigo Oliveira, 31, conhecido como “DiMenor”.

Procurado pelo Logradouros Jornal, o CDHU informou que “não possui nenhum terreno nesse local”. A Subprefeitura, por outro lado, sugeriu à reportagem que procurasse a Secretaria Municipal da Educação, que por sua vez, afirmou que consultou a Diretoria de Ensino do Ipiranga e que não tem conhecimento de nenhum processo de transferência de terreno do CDHU para a Prefeitura na região. Enquanto isso, a área fica ociosa, à espera de um destino.








sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Em memória do Malote

POEMAS PRA NÃO CHORAR
(por quem foi e quem está)

" Aceite em troca o meu suor
por todo o sangue derramado.
A história dos negros
a página do livro que foi rasgada.
Enterrei minha armadura,
indignações germinaram.
Viemos de diferentes navios,
mas hoje estamos no mesmo barco"
Banca dos Loucos

I
primeiras palavras


Aqui nessa língua, o silêncio
criou a primeira palavra:
incrível jabuticaba
se amadurando por dentro

esquisito foi que delas
nasceu
borboletas e medos

antes delas, nem o nada,
curioso umbigo canalha
era um projeto possível

o traço de flor, a angústia,
o horror e a salada de frutas,
a difícil ira
dos contos de fada

tudo jabuticaba
se corroendo

Aqui nessa língua
a ausência
foi a segunda palavra
porque não havia nem monstros,
nem sonhos, nem madrugadas

antes dela, o que havia
conservava parentesco
com o risco imóvel na página.

II
segundas palavras

E se há regras demais nessa vida,
você, o que sabe da trilha?
já sabe que é só o começo?
tropeço sem sol nem sossego?
comida de pássaro preso?

Insiste nessa matemática.
Insiste em não muito saber.
Que o saco de sonho é estúpido
o jogo de cartas é único
que diz que não diz em você

(Se o que ela dizia era ausência
anêmona
ferida até não mais doer

Se a gente escolheu o silêncio
leito
lento
parindo o azul
e o vermelho

você já devia saber.)

III
Fértil
ou: Amiúde
(pra Eduardo)

(a lata do lixo, o rato,
espaço de cobra e sabão)

Amor sem continha de lágrima.
Jabuticaba
ganha o chão

IV
Um salve pro Malote


Malote,
eu sei que sua vida
e não sua sorte
é o que deve ficar para a gente.

mesmo assim
mais lembramos da perda
talvez
porque é o dia de hoje
mais lembramos da ausência
presença
que nunca será
comprada
que nuca será
corrompida
que nunca será sequestrada
tua presença vivida
como inspiração à luta
como inspiração à guerra.

Africabristão.

te lembramos e saudamos
prestamos mil homenagens
que é pra compensar saudade

Somos fortes. O corte
não põe-nos um ponto final

A gente começa de novo.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Baú do Maloca (12)

Para quem estava com saudade do Baú do Maloca, eis que voltamos no Dia Nacional do Samba. O Samba que é a própria identidade do povo brasileiro. São muitos os poetas, que com maestria comporam as mais belas canções do cancioneiro brasileiro. É com orgulho que homenageamos todos "irmãos de samba".


"Quem não gosta de samba bom sujeito não é"...



"Ou é ruim da cabeça ou doente do pé"...

"Samba a gente não perde o prazer de cantar"...
 

" Se o samba se faz reluzir, podemos sorrir outra vez"...


"Samba: agoniza, mas não morre"...


Samba!

O show tem que continuar...

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

terça-feira, 24 de novembro de 2009


Semana Africanidades

De 23/11 a 26/11

19:00

E.E Álvaro de Souza Lima


 2º Bingo Show Beneficiente


Terá barracas, apresentação musical e bingo social.


Apresentação com os grupos:

  • Banda Abelha Rainha
  • Submundo Racional/Pânico Brutal
  • Esquadrão Rap/Conexão Cultural
  • Confisamba
  • Banca dos Loucos
  • Tamoios Bantu
  • Gen Lazarus Aka Alex Street
  • Atração Surpresa

Data: 29 de Novembro de 2009
Horário: A partir das 13:00hs
Local: Rua Menino do Engenho
           JD. São Savério

 


sexta-feira, 13 de novembro de 2009



 Queremos que a Assistência Social seja tratada como prioridade pelo governo Kassab. Vamos continuar cobrando e denunciando o descaso da prefeitura com às políticas sócio-assistênciais.  Continuaremos a reivindicar melhores condições de trabalho e salário para todos trabalhadores da Assistência Social da cidade de  São Paulo




Parabéns a todos que estiveram presentes no ato





Sem aumento há três anos, assistência social em SP ameaça parar...



Muitos trabalhadores e usuários do serviços, em frente a Prefeitura fazendo uníssono contra o descaso e a falta de verbas para Assitência Social na cidade de SP.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Ato Público a favor da Assistência Social na Cidade de São Paulo

Data: 13 de novembro
Horário: das 10 às 13 horas
Local: Prefeitura Municipal de São Paulo, Edifício Matarazzo - Viaduto do Chá nº 15



Objetivo: Informar a população sobre o que é e a situação da Assistência Social na cidade de São Paulo. Defender a Assistência Social como política pública de direção universal e direito de cidadania, capaz de alargar a agenda dos direitos sociais a serem assegurados a todos os munícipes.

Pauta:
- Denúncia da política higienista.
- Impunidade e descaso frente aos assassinatos e violências contra os mais vulneráveis em situação de risco social ou pessoal na cidade de São Paulo.
- Denúncia do descaso do poder público com relação à Assistência Social.
- Exigência de implantação de políticas inclusivas, de proteção e acessibilidade para pessoas com deficiências.
- Situação das organizações sociais na cidade de São Paulo.
- Defesa de mudanças na proposta orçamentária de 2010 que contemplem as necessidades da assistência social na cidade.
- Proposta de um dia de paralisação dos serviços, caso não haja compromisso de diálogo e solução aos problemas elencados.

Sem aumento há três anos, assistência social em SP ameaça parar

Organizações sociais fazem manifestação nesta sexta-feira (13) para chamar atenção para serviços que atendem crianças, pessoas com deficiência e adultos abandonados
Publicado em 10/11/2009, 13:49
Última atualização em 13:49
Está marcado para sexta-feira (13) em São Paulo um ato contra as restrições feitas pela prefeitura de São Paulo às verbas para assistência social. As organizações sociais que prestam serviços ao setor reclamam que há três anos não recebem reajuste da administração de Gilberto Kassab (DEM-SP).
O orçamento apresentado pelo Executivo para o próximo ano prevê R$ 330 milhões para a assistência social, quantia considerada muito baixa para um total de R$ 28 bilhões. Nos cálculos do Fórum de Assistência Social da Cidade de São Paulo, o setor deveria receber em torno de R$ 1,5 bilhão para atender à população em situação de rua, às pessoas com deficiência, crianças, adolescentes e idosos.
O padre Lédio Milanez, integrante do fórum, entende que o Sistema Único de Assistência Social (Suas) em São Paulo está em situação de incapacidade econômica, “todos estão com o pires na mão”. Ele aponta que o ato público de sexta em frente à prefeitura é uma manifestação de defesa do setor, mas que o próximo passo é a paralisação.
O padre lembra que a assistência social atende diretamente 150 mil pessoas na capital paulista e que a alegação de falta de verba evidencia, na verdade, a prioridade das políticas públicas. “Assistência social sempre foi vista como questão de discurso apenas, mas não de compromissos políticos e de políticas públicas que transformem a realidade”, afirma.
Além da questão orçamentária, as organizações sociais querem manifestar o desagrado com o que chamam de “política higienista” da administração de Gilberto Kassab, que consiste em expulsar a população de rua das áreas centrais da cidade. O quadro dos ao menos 10 mil moradores de rua da cidade é espelhado na edição 39 da Revista do Brasil pelo repórter Marcelo Santos.

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Queremos agradecer a todos parceiros e parceiras que visitam este blog pelos 20.000 acessos...


Continuem dando uma espiada e não esqueçam de deixar seus comentários.


Saudações Maloqueiras.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Hoje: Eleição do Conselho Gestor UBS Jardim São Savério


Participe das 
Eleições dos Conselhos Gestores

UBS - Unidades Básicas de Saúde 
No Parque Bristol e JD. São Savério 

Segunda Feira
19 de Outubro de  2009 das 8:00 às 15:00hs


Documentos necessários: RG e comprovante de residência.

UBS Jardim São Savério


Candidatos:

Antonela Dantas da Silva
Antoniela Aparecida Almeida
Joana Alves Bezerra
Juranir Torres vale
Maria do F. Nuzzi
Marinete Barreto de Coimbra
Maria do Livramento
Maria dos Santos Almeida
Tereza Lara


Obs: O eleitor poderá votar votar em 04 candidatos, pois a composição do Conselho será: 4 efetivo e 4 suplentes.

Movimento Popular de Saúde da Região Sudeste na Luta A FAVOR do SUS - Sistema Único de Saúde.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Show de Rap na Favela (69) PQ Bristol dia 17 Brasil-Italia Gratis

Show de Rap na Favela 69 dia 17 Brasil-Italia GRAtis

Show com os Grupos:ITÁLIA: (QUATRO MCs formam o Spregiudicati All Star):

Zampa -
www.myspace.com/mrzampini
CAPSTAN -
www.myspace.com/capvc Asher
Kuno -
www.myspace.com/kunetti
Jack The Smocker -
www.myspace.com/jackthesmoker

BRASIL: 5 Grupos

ILICITO
PANICO BRUTAL
www.myspace.com/panicobrutal
TRIBUNAL POPULA
RRARIE SPECIE
DJ CLAYTÂO

Na Favela do Bristol (69)
Dia 17
apartir das 17 horas até 00 horas

sábado, 10 de outubro de 2009

Horarios oficiais
13 h - Abertura com Djs
14 h - Lado Obscuro (CD Pró-Haití)
14h30 - Banda "Os Korujas"
15h - Distribuição de doces e bolas
15h30 - Trutty e Banda Os Korujas
16h - NDEE NALDINHO
17h - Atitude Suspeita

sábado, 19 de setembro de 2009

QUEREMOS O MALOCA DE VOLTA

Maloca
a Maloca nos abriga
abriga...
nossos anseios
nossas lutas
nossos desejos
nossas vitórias
nossos ideais
nossas idéias
nossos sonhos
nossas realidades
nossos projetos
nossas conquistas
a Maloca abriga
quem é do Bristão
quem é do Savério
quem é do Livieiro
quem é da paz
quem é da Vila da Paz
quem é do Fundão do Ipiranga
quem é das várias quebradas deste mundão...
a Maloca da guarida
a poesia
ao grafite
a música
ao livro
a dança
ao sarau
a participação
ao hip-hop
a participação
ao direito humanos
a solidariedade
a Maloca da guarida e abriga
maloqueiros e maloqueiras
de todas quebradas...
Sejam bem-vindos

LUTA E RESISTÊNCIA PARA RETOMAR O MALOCA.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Convocação Geral "Maloca Espaço Cultural"

E aí Povo que a 10 Anos produz e divulga Cultura na Periferia, fomos despejados do Maloca.

Desde o começo de 2009 que não fazemos nada no Fundão do Ipiranga!!!

Apenas choramos o leite...

Sinceramente, eu gostaria de ver o NÚCLEO CULTURAL, mostrando PODER e fazendo REVOLUÇÃO na prática.



VAMOS RETOMAR O MALOCA

Sei que a manutenção é cara e trabalhosa.

Mas não podemos deixar que o que ja foi palco de varios projetos, shows, campanhas, alegrias e inicio de várias vidas,vire Bikeira.

Pois é isso que o Maloca se transformou.

E apesar do abandono em que o Maloca se encontra, após a Prefeitura tirá-lo de nós.

AINDA TEM QUEM PREZE POR ESTE LOCAL: Populares incomodados com a degradação do local, se organizaram e limparam parcialmente o espaço.

E pedem pelo amor de Deus para que "nós" voltemos a tomar de conta do local.

Por isso acho que devemos nos manifestar.



1° ATO NO MALOCA: convocaremos a população para juntos fazer este espaço voltar a produzir cultura.



2° ATO SUBPREFEITURA: montaremos comissão para dirigir-se até a subprefeitura e requerer o espaço.

A Manutenção é cara e trabalhosa, mas a Luta não pode parar.



QUEM TÁ COMIGO NESTA LUTA ?

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Alguns Times que representa a Quebrada

Unidos FC Da Vila Livieiro
São Gabriel F.C Vila da Paz

Torcida Uniformizada do Favela U.F.A


Elenco do E.C Favela Pq Bristol




sábado, 1 de agosto de 2009

Os Verdadeiros funkeiros batem de frente com a Policia por seus direitos a cultura


Proibida por duas vezes consecutivas pela Polícia Militar, aconteceu neste domingo (26/7), enfim, a roda de funk no Santa Marta, em Botafogo. Organizada pela Associação dos Profissionais e Amigos do Funk (Apafunk), a roda reuniu, das 17 às 22h, mais de 500 pessoas que passaram pela favela da Zona Sul para o ato público em defesa da liberdade de expressão do funk e contra a criminalização do ritmo. Sob o comando da capitã Priscila, à frente da Unidade Pacificadora local, mais de uma dezena de PMs armados acompanharam de perto o encontro, do início ao fim. Teve policial que não resistiu e, mesmo fardado e armado, acabou dançando, ainda que discretamente, ao som animado da roda.

Entre um funk e outro, militantes do movimento discursaram contra as arbitrariedades cometidas pelo poder público para impedir funkeiros de trabalhar.
A Apafunk luta pela aprovação de dois projetos de lei, propostos pelo deputado estadual Marcelo Freixo, para garantir a livre manifestação do funk. Um dos projetos prevê a revogação de lei estadual, de autoria do deputado cassado Álvaro Lins, que atribui à PM o papel de autorizar ou não eventos do gênero. O outro projeto tem o objetivo de garantir a liberdade do funk por meio do reconhecimento oficial do ritmo como manifestação cultural.A roda chegou a ser anunciada e cancelada duas vezes desde 26/6 e só aconteceu neste domingo depois de muita negociação com a PM, que só concordou em autorizar a realização do ato depois que a Apafunk cogitou a possibilidade de entrar com mandado de segurança na Justiça para garantir esse direito constitucional.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Confira o audio da entrevista


Entrevista Audio
http://www.vozdarua.com.br/entrevista.terno.espacoculturalmaloca.27.07.08.wav
Entrevista Gravada no dia do Evento Vivendo e Improvisando freestyle no maloca espaço cultural
Para o site Voz da Rua.
Mesmo dia da exposição da semana Martin luter King

terça-feira, 16 de junho de 2009

Saiu Setença Trabalhista

Hoje fui notificado que a ação trabalhista movida por mim, e meus advogados saiu.
O Resultado foi o esperado, a empresa condenada por DANOS MORAIS,
Agora aguardamos o Deposito correspondente a condenação.
Se tú Lutas Tu conquista Vai vendo
Ação Trabalhista
A quase 1 ano venho sofrendo discriminação por parte da empresa em que trabalho a mas de 10 anos.Tudo começou após uma paralização de 3 horas realizada no mes de Junho 2008, onde lutavamos por melhorias de trabalho e melhores tratamento por parte da chefia. Tambem pediamos que fosse revista a forma de punir os funcionarios, pois eramos humilhado perante toda a empresa.
Logo após a paralização, houve um fação, e dezenas de funcionarios foram banidos da empresa, assim como toda a comissão que organizou a paralização. Exeto EU e o Padovan, por sermos membros atuantes da CIPA.
Dai a empresa como forma de punir-me, criou um horario exclusivo, onde eu não tenho contato com os demais empregados, fico isolado, e saindo durante a madrugada.Movi uma ação judicial, por discriminação, exclusão, perseguição. e a audiencia foi semana passada.aparentemente a causa esta a meu favor, ja que a empresa não soube se defender de tais acusações.Agora estou no aguardo da decisão do Juiz que julgara a decisão final.

terça-feira, 9 de junho de 2009

Castelo Sagrado

A glória de morrer como homem é só pros guerreiros
Que sempre luta , representa e parte pro arregaço
Não desanima segue a sina,
Sempre lado a lado
È aquele que ao invés da mão estende o braço
Quando tropeça, não se bate,
Levanta e segue em frente
Sempre consciente,
Não joga conversa fora
Não é heroi, mas para nós é pau pra toda hora
Salve Familia
Nossa Postura é ser espelho pros nossos irmão
E aos parceiros mente fraca mostrar as opções
Os bons amigos, os estudos, a solidariedade
Os orixas, os patuas, a rezadeira e o Padre
A verdadeira crença, a fé que pode salvar
Vamos andar com fé ,
Porque a fé não costuma falhar.
Nosso Castelo

quarta-feira, 27 de maio de 2009

poema pra não esquecer

Oferenda

ao malungo maloterson
ao amor eduardo
(guardador de riquezas)
aos meninos guardados
à rua inteira

minha inteira
responsabilidade
minha poesia inteira
como parte do esforço
de vingança

Dinha

domingo, 24 de maio de 2009

Showlidariedade em São Caetano do Sul

Showlidariedade agita São Caetano

A terceira edição do Showlidariedade, que acontece nos dias 23, 24, 30 e 31 de maio, vai agitar São Caetano do Sul com shows de Latino, Leonardo, Paralamas do Sucesso e Fábio Jr. O evento tem como objetivo arrecadar alimentos para entidades assistenciais e movimentar o comércio da cidade.

Para garantir os ingressos e assistir aos shows o interessado deve comparecer a um dos pontos de troca ou estabelecimentos comerciais credenciados do município levando 1kg de alimento não perecível, com preferência para macarrão, arroz, feijão e óleo. Sal e açúcar não serão aceitos. No entanto, cada estabelecimento determinará o critério para a troca dos ingressos, como, por exemplo, prioridade a clientes que comprarem alguma mercadoria na loja.

Os shows serão realizados na Arena Showlidariedade, que fica na esquina das avenidas Goiás e Guido Aliberti, em frente ao Hipermercado Extra. A programação começa no sábado, 23, com show do cantor Latino, a partir das 22h. No domingo, 24, o sertanejo Leonardo mostra seu romantismo, a partir das 21h.

No fim de semana seguinte, o evento cultural contará com a apresentação dos Paralamas do Sucesso, no sábado, 30, a partir das 22h. No domingo, o encerramento ficará por conta do cantor Fábio Jr, com show marcado para as 21h. Os portões abrirão sempre às 18 horas.

Confira alguns dos pontos de troca dos alimentos:

-Fundo Social de Solidariedade de São Caetano do Sul
Rua Antonio Bento, 140, Bairro Santa Maria

-Estação Jovem
Rua Serafim Constantino, s/nº, (Piso superior do módulo 2 do Terminal Nicolau Delic - Rua Serafim Constantino, Centro)

-Fundação das Artes
Rua Visconde de Inhaúma, 730, Bairro Nova Gerty

-Abrevb
Avenida Presidente Kennedy, 2300, Bairro Olímpico

-Espaço Verde Chico Mendes
Avenida Fernando Simonsen, 566, Bairro São José

quarta-feira, 20 de maio de 2009

O HIP HOP FAZ A PRIMEIRA AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA PRESIONAR A PREFEITURA SP

Rapper Pirata

Na sexta feira 22 de maio de 2009, o movimento hip hop se encontra para realizar o evento Hip Hop Filmes, no auditório da ONG Ação Educativa, às 19:00 hrs, onde haverá uma das cinco audiências públicas proposta para exigir da prefeitura de São Paulo a obrigação da execução da Semana de Hip Hop, Lei Municipal N.º 13.924/04 alterada pela lei 14.485/2007. Também será exibido o video sobre a Favela Paraisópolis e apresentação dos quatros elementos (break, graffit, mc e dj) e as presenças dos poetas das ruas.
O Fórum de Hip Hop Municipal SP em parceria com a Comissão de Juventude da Câmara dos Vereadores farão cinco audiências pública para cobrarem do poder executivo cumprir o que a lei obriga; A execução da Semana de Hip Hop 2009, que tem sua data prevista na quinzena do dia 21 de março, fato que não aconteceu neste ano. Também serão discutidas as questões: A Casa de Hip Hop e as eleições dos conselheiros de juventude. Estarão presente os vereadores Juliana Cardoso, Netinho de Paula e outros que compõem a Comissão de Juventude. Ainda não foi confirmada, mas houve o convite para coordenador de juventude e o secretário de cultura.
Será exibido um vídeo da Favela Paraisópolis, que tem como tema os conflitos dos moradores da Favela Paraisópolis contra a opressão do governo do estado e prefeitura de São Paulo, fato que os meios de comunicação negam, não trazendo a informação do outro lado, o das pessoas que moram no local.
Os djs Pec Jay, Big Edy e Fox vão riscar os discos, enquanto a Família FK e The Funk Man dançam. No ambiente estarão expostas as obras dos artistas de rua Scene,Pastori e Nast. Enquanto os poetas urbanos Literatura Suburbana declamaram sentimentos e os rimadores dos guetos terão seu instrumento, o microfone aberto, assim farão seus rap´s.

MTB41831/SP


AÇÃO EDUCATIVA

Rua: General Jardim, 660
São Paulo – SP
Prx ao metrô República, Santa Cecília, SESC Consolação, Biblioteca Municipal Monteiro Lobato

quinta-feira, 14 de maio de 2009

O tempo Passou

Tudo Na vida passa:
E não foi diferente para nossa turma:
Uns ficaram no tempo, partira pra outra e deixaram saudades: Adriana, Junior, Malote
Outros o tempo afastou de nós, mas não do nosso coração.
E alguns estão ainda caminhando em busca de uma sociedade justa.

Salve Nucleo Cultural Poder e Revolução --- Antiga Posse Poder e Revolução;

Tamo junto

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Cooperativa Paulista de RAP

Novas propostas-regiao sudeste.

Nos reunimos neste sabado dia 09/05 as 15 horas para discutirmos proposta de criar um Cooperativa de Rap.

Para esta reunião divulgamos pela internet, telefone e no boca a boca, convidando os interessados a comparecerem à reunião.

Chegamos a conclusão de que tal cooperativa é muito importante para nós, por se tratar de um meio de nos auto sustentarmos.

E tiramos algumas idéias para serem discutidas no geral. Esperamos que seja de utilidade para esse novo projeto.

1- Criação de carteirinha de Cooperados com nome, foto e doc. E numero de cooperado, para controle interno:

2- Criar uma diretoria atuante, para podermos centralizar as informações

3- Criar um boletim informativo, para os cooperados receber noticias, fazer criticas e sujestões.

4- Montar uma grade de eventos, lançamentos, (com custos e benefícios)

5- Caixa, com mensalidades de cooperados. Informando para e como o valor do caixa vai ser usado nos Eventos, lançamentos, Boletins informativo etc.

6- Criar Documentários pra concorrer e levantar verbas,

7- Eventos para arrecadação de verbas (Festas, Rifas, Bingos etc)

8- Produtos para geraçao de renda, camisas, bonés,etc

9- Cooperativa não pode haver nenhum modo de discriminação:

(Picuinha) não será tolerada.

10- fazermos nossas mídias,gravações etc.

sábado, 2 de maio de 2009

ÁLVARO É A 2ª PIOR ESCOLA DE TODO O ESTADO DE SÃO PAULO

Numa escala de 0 a 10, a escola não atingiu nem meio ponto

No ranking que mostrou a qualidade de ensino das escolas estaduais de São Paulo, em 2008, o Álvaro de Souza Lima – escola que atende principalmente aos bairros Jardim São Savério e Parque Bristol - ficou em penúltimo lugar num total de 573 escolas, com nota de 0,49 para o Ensino Médio.
A avaliação foi feita com base no SARESP – uma prova aplicada pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo todos os anos, que tem a intenção de avaliar as condições da educação para que melhorias possam ser efetuadas no ensino público.

VEJA ABAIXO AS MELHORES E AS PIORES


Ranking ESCOLA Nota 2008
1º RUI BLOEM 3 ,71
2º JOSE MONTEIRO BOANOVA PROF 3 ,56
3º ALBERTO TORRES 3 ,45
4º MARTIM FRANCISCO 3 ,37
5º JULIA MACEDO PANTOJA PROFA 3 ,33
6º RAUL FONSECA 3 ,24


568º PEROLA BYINGTON DONA 0 ,59
569º MARIA ANTONIETA FERRAZ BIBLIOT 0 ,59
570º GENESIO DE ALMEIDA MOURA DR 0 ,52
571º NOSSA SENHORA APARECIDA 0 ,49
572º ALVARO DE SOUZA LIMA DR 0 ,49
573º RENATO DE ARRUDA PENTEADO PROF 0 ,40

terça-feira, 28 de abril de 2009

iNFORMATIVO Importante para Hip-Hop


PROPOSTA COOPERATIVA PAULISTA DE RAP

O RAP é a nossa musica, o nosso jeito de se expressar, nossas rimas ecoam por todas as quebradas do Brasil levando informação, conhecimento e denúncia de forma transparente e verdadeira, pois só a verdade nos interessa, pedimos o fim da violência e mais amor ao próximo, denunciamos a violência policial e apontamos a corrupção do político, informamos às quebradas que a desigualdade social gera mortes, violência, corrupção, fome e miséria.

RAP é muito mais do que uma simples rima, porem pra sociedade brasileira o RAP representa sinal amarelo pros poderosos, afinal é muita informação no mesmo ambiente (ou local se assim preferir) e diante deste sinal amarelo entra em ação um boicote com mentiras e difamações de que RAP é coisa de bandido que não é musica enfim.

Pensando de uma forma mais organizada surgiu a idéia de construir uma entidade jurídica COOPERATIVA PAULISTA DE RAP.

Isso aqui é só uma proposta uma vez que não tem nada pensado e sim pra se pensar, portanto se houver uma avaliação de que vale a pena discutir podemos desde já incluir propostas e seguir a diante com a idéia de criar a COOPERATIVA PAULISTA DE RAP.


A proposta principal aqui é criar um mecanismo de defesa e auto sustentabilidade aos MC’S e grupos cooperados de forma legal e jurídica diante das entidades que coordenam os direitos de artistas (OMB) e autorais (ECADE).


Se firmar a idéia deste novo projeto podemos começar pensando na composição e quem vai compor e o que faremos.

Por hora essa é a proposta e podemos discutir mais a respeito e criar outras propostas pra melhorar ainda mais a idéia e fazer deste projeto o maior que já pensamos


O HIP_HOP esta se organizando realmente, e quem acredita se envolve, pra poder discutir, Construir, e mostrar o resultado que com certeza sera fruto para a nova geração que vem surgindo.

Provelmente a reunião acontecera na

Rua Jose Pereira Cruz 209
DIA 09/05/2009
Na Laje da casa da Minha Mãe.
Os interessados favor manter contatos

ternopb@ig.com.br

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Vem ai "Projeto 2emente2 2009" 3ª mostra "Studio Tarja Preta".

Vem ai "Projeto 2emente2 2009" 3ª mostra "Studio Tarja Preta".

Todos estão convidados a prestigiar mais um evento do “Projeto 2emente2 2009”,que será realizado nos dias 25 e 26 de abril no "Studio Tarja Preta" que fica na Zona Leste de São Paulo,com muita música,arte,debates e informação para todos vocês,venham conferir.
- Como chegar:
No terminal carrão pegar ônibus com dest. jd nova vitória e do terminal são mateus pegar ônibus com dest. jd conquista descer em frente ao "Mercado Tocha," subir a rua ao lado seguir em frente, vai passar uma escolinha do lado esquerdo, continue em frente na segunda esquina e o estudio!dúvidas? 95276335

FERNANDO ELZA Malote - CURSINHO COMUNITÁRIO

Quanta ausência!
Começou neste sábado, 18/04, na escola Álvaro de Souza Lima, o cursinho pré-vestibular comunitário FERNANDO ELZA MALOTE. O nome, como vcs já sabem é em homenagem a este que deixou muita saudade e inconformismo, o Malote.
O curso fundiona aos sábados, das 9h às 12hs e é voltado para a área de humanas, mas quem precisa muito de matemática, pode frequentar aulas aos domingos, com uma professora do Escola da Família.
Esperamos que dê tudo certo!
É nóis do Núcleo!

domingo, 19 de abril de 2009

Hutuz 10 Anos: Os Melhores do Século

Hutúz 2009 é nota 10. Marca os dez anos do maior Prêmio de Hip Hop do Brasil, palco que muitos artistas fora, descobertos, revelados e por que não ovacionados. O Prêmio Hutúz tinha um desafio principal: mostrar aos berços do Hip Hop é que era possível produzir uma premiação clássica com qualidade com respeito aos participantes.
O Hip Hop através do Hutúz provou que era possível, hoje a CUFA decide terminar o ciclo dessa premiação com a certeza que os estados estão prontos para realizar seus Prêmios e naturalmente construir outras premiação e continuar valorizando a arte dos guetos, mas como o Hutúz mostrou uma arte que dialoga com outras culturas e universos.

Neste ano, o último ano do Premio Hutúz, faremos uma grande festa de aniversário, vamos comemorar essa data relembrando os grandes momentos desses felizes dez anos de sucesso. Os grandes shows, os grandes filmes e tudo mais...Vamos fechar essa última edição permitindo que você escolha os dez melhores da história do Hip Hop Brasileiro e no dia da premiação subirão no palco os três melhores de cada categoria.
Melhor Demo Masculino
3 Preto
3D, Desista de Desistir (Gírias Nacionais)
A Família
Amizade é coisa séria (Vozes do Gueto)
Ao caminho da Paz (Tribo do Gueto)
Aprendiz de Partideiros (Maloka)
Assim que as preta gosta (Visão de Favela)
Ausência de um Pai (Elemento S)
Brasilidade (Dyskreto)
C 4
Castelo dos loucos (Kapella)
Ciência Rimática
Comunidade Racional
Conseqüência
De Sanca a Sampa (Liu MR)
Discípulo sem cerimônia (MC Adkito)
Don Negrone
É nóis (OBandO)
Escovinha Miliano
Fator Ético
Fé em Cristo (Manuscritos)
Gueto (Paradigma)
Imaginários
Juízo Crítico
La Raza Brasil (Los Hombres)
Lazer (OBandO)
Matemáticos
Nego (TM Clã)
NegroAtivo
Neguin (Contenção)
Odisséia
Onde for (Gasper)
P,10
Pânico Brutal
Pentágono
Procurando Resposta (Matéria Rima)
Resistência
Tito
Todos iguais (Rafuagi)
Vim, vi e venci (Simples)

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Aniversario do E.C Favela e Pânico Brutal



Dia 20/04/2009
Local Rua da FAVELA Bristão ( em Frente bar do Bode)
Hora: a partir das 18 horas
Gratis
Grupos:
Abelha Rainha
Swing dos Garotos
R. Jay o Pregador
Pânico Brutal
Grupo de Samba
Funk
Discotecagem
Compareça com camisa do Favela e Ganhe Adesivo com novo Mascote
Org: Pânico Brutal / E.C Favela
Loja Velha Escola Bonés

quarta-feira, 4 de março de 2009

Copa Bristol esta proxima

Em maio começara a 2° Edição da COPA BRISTOL de futebol de varsea de SP.
A Competição contara com varios clubes, de varios bairros, dos quatro cantos da cidade e tambem da região central.
E ao contrario da 1° edição, os clubes jogaram em um campo com infraestrutura total para campeonatos de varse.

Alias o antigo campão, que era conhecido como UNIÂO, mudou de Nome, e se Chama agora ESTADIO PEREIRÂO.

Temos 4 vestiarios para os clubes, 2 para os locais e 2 para Visitantes, Banheiros Masculino e Feminino, Alambrado, Banco de Reservas coberto, Bebedouro de agua, Arquibancada, estacionamento, Bar, e até camarote.

Mudou bastante né? antes era uma buraqueira, barrancos na lateral, sem vestiario decente, agua só pros jogadores, sem banco de revervas e sem alambrado. Mas o Pq Bristol não para, e continua a fortalecer o Futebol de Varsea, com os mas de 25 clubes Esportivos do Bairro, s endo o JARDIM DOLIMAR o mas antigo em atividade. o mas novo nem eu sei qual é, ja que a cada dia surge novo clube, que incentiva o esporte e afasta das drogas.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Perseguição Policial e acidente com Atletas do Bristol

Salve Pessoal, O sabado de carnaval ficou embaçado pra mim, e mas alguns que passavam pela avenida 31 de Março em São Bernardo do Campo, por volta das 11:50hs da manha.Quando estavamos indo para o Campo da Pauliceia, com minha Kombi lotada de jogadores, veio uma veiculo TUCSON em alta velocidade, bateu em um GOL, perdeu o controle e Bateu na nossa traseira, com tanta violencia que chegou a tirar as 3 rodas da Kombi do chão, e foi nos empurrando de encontro aum poste.
Por pouco escapamos do Poste, e tambem de tombarmos na avenida com a Kombi lotada.Quando a TUCSOn colidiu com a Kombi, a pancada foi tão forte que estourou, o meu e o Pneus dele, quebro o Fação da Kombi, arrancou pneus, acabou com a roda etc.

MAS GRAÇAS A DEUS NINGUEM FERIDO.Consegui controlar o veiculo, e a Tucson continuou batendo em outros carros, até para em um poste.A Principio não notamos que se tratava de uma perseguição policial, e os jogadores revoltados descerao da Kombi e sairam correndo em direção a Tucson que estava no poste, na intenção de dar um coro no cara(imaginado que estava embriagado).
Mas o cara saiu do veiculo e sacou uma arma de fogo, e saiu correndo por uma ruazinha secundaria.Então rapidaente encostou uma viatura da policia militar, que ja estava na perseguição, perguntou por onde o cara correu, e foi ao seu encontro.O Cara foi preso em flagrante delito, logo em seguida, menos de 5 minutos depois apareceu uma outra viatura com a vitima, um boy revoltado com o cara que roubou seu carro.

_ Teve uma hora em que um dos nossos jogadores foi até a viatura e olhou bem o cara algemado, para ver se conhecia ele, ja que estavamos a apenas alguns KM do Bristol.Nessa hora uma policial começou a falar abobrinha, querendo tirar o nosso jogador, mandando circular, perguntando se ele perdeu alguma coisa na viatura. Se ele o Negão ja conhecia a viatura por dentro.

Nessa Hora eu tomei a frente, e disse a ela que ela tinha que saber falar com o cidadão, que ninguem ali era troxa pra ficar tomando comida de rabo só porque ela tava de farda não.Ela vei querer bater boca, e só se fudia, pois os argumentos estava na ponta da lingua. Ai O sargento veio em defesa dela, e pediu o RG de todo mundo, mas de 15 só atletas, e disse que em seguida quem não devesse era pra sair fora, Eu falei, beleza, os RGs estão ai, mas ninguem vai sair fora até porque estamos em via publica(Calçada) e envolvidos no BO.

Passou o tempo, deu a hora de começar o jogo e os jogadores foram pro combate. ja que não ia adiantar ficar ali mesmo ate a pericia chegar, chegou ja era 17 horas.Tirou fotos.A Tucson tem seguro contra terceiros, mas quem conduzia o veiculo era o cara, que roubou.

E ai? como fica minha situação?
Ja fui informado que nestes casos, a seguradopra joga o BO pro estado, ja que não era seu cliente quem dirigis, e ele apenas foi vitima.O Estado joga pra seguradora.
E eu?
Da uma luz ai
(Valew Deus por eu poder estar relatando o que ocorreu)

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Graffit na favela do Parque Bristol-Vila da Paz


Embalado pelo pedido de "Paz" vindo do grupo Panico Brutal, Varios graffiteiros de São Paulo passaram a ideia para os muros.
Muitos moradores se queixaram que os seus muros não foram grafitados. pois a maioria foi.
Fui muito questionado com conversas do tipo: " ces pisaro na bola, não grafitarão o meu muro" , Por que pularam meu muro? etc>
Bom né?
A Comunidade entendeu a proposta do projeto 2ementes2, e estão querendo saber quando vai rolar de novo.

domingo, 8 de fevereiro de 2009

QUEM TOPA TROCAR DE LADO?

(Valorização da Pobreza, um novo passo do Capitalismo)

Algumas pessoas comentaram que a vida da classe média é sem graça e que seus dramas literários são previsíveis. Que avida do pobre é que é interessante. Então perguntamos: A vida do povo pobre é engraçada? E as ficções literárias são imprevisíveis? Pra quem? São realmente ficções? Quem topa trocar de lado? Temos disposição de organizar uma lista famílias que topariam uma espécie de intercâmbio por seis meses, seriam trocadas as casas, as escolas, os empregos, a alimentação, os espaços de lazer e tudo mais. Quem quizer se inscrever é só mandar os dados pessoais e os endereços do trabalho, da escola e da casa.
Obs: O intercâmbio deve ocorrer entre a classe média e a classe pobre, pois internamente já ocorre.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

MANOCULTURA E PERIFERISMO verdades e burrices


O sujeito que escreveu o texto abaixo errou quando disse que não se vê (olhos azuis e roupa passada) na TV e na literatura brasileira, pois ele é exatamente o tipo padrão, como Luciano Huk, Angélica, Eliana, Xuxa, Gugu, Maísa. Depois errou também ao dizer que Ferrez escreve errado demonstrando preconceito linguistico e demonstrando também que entende nada sobre linguas. De resto ele fez uma análise acertada sobre o novo passo do que conhecemos por Neo Liberalismo, onde a pobreza deve ser valorizada por conta da exploração que atingiu níveis recordes, e como sabemos o capitalismo sempre se reforma para manter-se. O Ferrez, por exemplo, comentou dia desses, no "Roda Viva", que, no shoping, enquanto a elite faz suas compras triste e deprimida, o faxineiro dança feliz da vida com a vassoura. Faça-me o favor né! pergunta pro faxineiro onde é que ele gostaria de estar e pergunta pro rico se ele quer trocar de lugar com o faxineiro.
Na favela a vida é ruim, sim. É triste e difícil. A gente é que tem uma capacidade extraordinária de sobreviver.


Dinha e Du

MANOCULTURA E PERIFERISMO

Pobre, preto e favelado não é retratado na televisão e demais obras artísticas realizadas no Brasil. Balela. Há uma hegemonia do populacho no audiovisual e na literatura feita por brasileiros.
Nas telenovelas sempre há um casal formado por um pé-rapado e um rico. E o pobre é o herói. O pobre é íntegro. O rico não presta. Existe um programa chamado Central da Periferia. Quer mostrar que o que vem das áreas carentes é mais legal do que o vem do centro. Na programação esportiva também sempre aparece a história de um atleta que veio do nada e se tornou vencedor. As séries que ganham melhor tratamento estético e dramático das emissoras são aquelas de favela – Cidade dos Homens e Antonia – ou de sertão – A Pedra do Reino.
Os cineastas brasileiros venerados são os que filmam pobre. Vai de Walter Salles com Central do Brasil a Dois Filhos de Francisco, que conta a trajetória de uma dupla de cantores caipiras.
Na literatura se destacam os manos. Tem o Ferréz, do Capão Redondo, um dos bairros mais violentos da periferia sul de São Paulo. Ferréz fala e escreve errado. Mas dizem que ele pode, porque veio do povão. Mas há também os encantados com universo das favelas. Caso de Patricia Melo e Fernando Bonassi. Patricia Melo é autora de O Matador, que foi transformado em filme com o nome de O Homem do Ano.
O fetiche pela ralé é justificado com o seguinte argumento: é o retrato do Brasil. Então eu moro em outro país. E ainda não me dei conta disso.
Onde eu vivo tem favela, é claro. Só que tem umas coisas estranhas. Tipo gente de classes média e alta. Trata-se de um pessoal que vive em edifícios ajeitados e novos. Outros residem em condomínios fechados. Mais ainda: pessoas que ocupam cargos executivos em empresas grandes. Ou profissionais liberais de nível médio e alto.
Outra bizarrice: compram livros, cd’s e dvd’s em megastores de shopping center. Adquirem produtos de marca. Mesmo que seja em dez vezes no cartão de crédito. Mesmo que entrem no cheque especial. Comem no America e tomam café na Starbucks. Se você não conhece a Starbucks, azar seu, provinciano. Vá ler livros ou ver filmes ambientados nas principais cidades do mundo.
Eu não tenho apreço pela cultura dos manos. Assim como não gosto de africanismo, latinismo e caipirismo. Tudo bem que isso exista. O problema é que o ideal politicamente correto quer impor divinização disso. Os selos “africano”, “indígena”, “interior” e “periferia” se tornaram atestados de qualidade inquestionável.
Quem diz que acha tudo isso uma porcaria é tachado de preconceituoso. Ou de elitista. Preconceito não é crime. E eu sou um legalista.
Outra coisa: há também preconceito do lado dos manos. Eles rotulam a classe média de fútil. De gente que só pensa em consumir. Besteira. A empregadinha que pega quatro conduções por dia tem o mesmo desejo de consumo da empresária ou executiva que anda de Mercedes Classe A ou de Toyota Corolla. A garota da favela também gostaria de entrar em um shopping – nem precisa ser o Iguatemi de São Paulo ou, agora, o Cidade Jardim – e sair cheia de sacolas com sapatos, bolsas e roupas. A pobre só não pode.
E quem ganha dinheiro dentro da lei que gaste como quiser. Não há superioridade moral do periférico sobre o central. O populacho também é malvado. Até parece que ninguém bate na mãe ou comete abuso sexual na favela. Até parece que uma comunidade pobre não é capaz de linchamentos.
Pior ainda é achar que o por ser socialmente sofrida a vida da patuléia é mais interessante. Existem conflitos – de vários tipos – em gente de classe média e rica do Brasil que rendem filmes de ficção, documentários, seriados e livros.
O mano de calça larga e boné está altamente retratado. E esse estilo também invadiu os caras de classes mais alta. Eu, branquelo de olhos azuis, que usa camisa, calça mais justa e sapato de bico quadrado é que não me vejo na televisão, no cinema e na literatura feita no Brasil.
Leio os livros passados em Nova York e Londres, para ter contato com personagens que têm a ver com o meu contexto. No dia que um tipo como Ferréz escrever um livro como Os Filhos do Imperador, de Claire Messud, uma história de nova-iorquinos, eu leio. Estou mais para o Diabo Veste Prada do que para Capão Pecado, um dos livros de Ferréz. Quero ler histórias de gente que toma banho e usa roupa limpa e passada. Os escritores que se propõem a falar de classe média no Brasil, na maior parte das vezes, adotam como protagonistas gente sem asseio, que transformam suas casas em lugares sujos.
Ainda bem que existem as séries americanas House, Nip/Tuck, Without a Trace e The Closer. Ainda bem que posso ler Philip Roth e Ian McEwan. Sem eles, eu não suportaria esse monte de mano.
Escrito por Marcelo Amaral às 22h00
http://www.marceloamaral.com.br/

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Rua de Lazer no Parque Bristol

Mas uma vez venho falar que nossa quebrada no fundão do Ipiranga conquistou mas uma Rua de Lazer.
È a Rua Jose Pereira Cruz (R.1), trexo entre as Ruas Giacomo Gozzarelli (R.6 e Jorge de Morais (R.2). este trexo que fica na favela do bairro, é muito movimentado e perigoso, pois as crianças saem dos becos da favela correndo e sem maiores cuidados com os carros e motos que passa as vezes sem respeitar uma velocidade segura.
A CET ja veio fazer sua 2° vizita no local, a 1° foi a quase 1 ano atraz, quando solicitamos a Rua de Lazer.
A Outra foi semana passada.
Agora ficamos no aguarde das placas de sinalização para inaugurar oficialmente nossa RUA DE LAZER.
E Prometemos um evento de inauguração, com muito
Samba ao vivo
Rap ao Vivo
Forro ao Vivo
e muito mas aguardem
Ta chegando a hora
.
O LIVRO DE PASSAGEM MAS NÃO A PASSEIO (Dinha)
ESTA A VENDA NA LOJA VELHA ESCOLA
.
A Venda
O livro que sera relançado pela Editora Global, faz parte de uma coleção de autores da periferia com nomes tipo: Sergio Vaz, Alessandro Alves, Ademiro Alvez, Allan da Rosa e Dinha.
O Preço na loja é camarada, ja que a loja é na residencia da autora.
E é limitado o numero de exemplares na loja.
Breve novas informações sobre o lançamento do livro

Ilicito no Maloca

A qualidade é de celular.
mas sente a performance do Gaspar e Quenia no palco

sábado, 24 de janeiro de 2009


Faltou vaga para a Oficina de Graffit
Faltou vaga, mas sobrou vontade por parte dos Jovens e Oficineiros
As Crianças tambem estiveramm presente

O Debate

O Graffit em andamento